Busca avançada
Ano de início
Entree

Treinamento técnico nível V para atuação em projeto multicêntrico de base de dados em fendas labiopalatais

Processo: 14/05698-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:Vera Lúcia Gil da Silva Lopes
Beneficiário:Roberta Mazzariol Volpe Aquino
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/51799-6 - Consolidação de estratégia multicêntrica em genética para base de dados clínicos e investigação diagnóstica de fendas orofaciais, AP.PP.SUS
Assunto(s):Anormalidades craniofaciais   Genética   Informática médica

Resumo

No Brasil, a atenção à saúde do portador de anomalias craniofaciais (ACF) vem ganhando espaço no setor público de saúde. Entretanto, ainda são necessárias melhorias na atenção à saúde e elaboração de propostas de estruturação funcional do SUS na área. A obtenção de informações para caracterização clínica e etiológica, a investigação da história natural e a identificação de fatores de risco para ACF na população brasileira são etapas indispensáveis para alcançar essa melhoria. Neste contexto e, em especial neste projeto, o bolsista, especialista em TI, contribuirá nas etapas de desenvolvimento da Base Eletrônica de Dados Clínicos e Familiais, especialmente na fase de teste e validação de dados, análise da consistência da interface, na implantação e no treinamento dos usuários finais do sistema. O bolsista atuará diretamente estabelecendo uma ponte entre os profissionais da área de saúde que atuam no projeto e a equipe contratada que está desenvolvendo a base de dados. O profissional que deverá ser selecionado deverá ser um profissional híbrido, com conhecimento e formação em TI e em genética para que possa atuar e contribuir efetivamente para esse projeto. Esse profissional será treinado para aprofundar seu conhecimento na área de genética, especialmente em fendas orofaciais, e trabalhar numa equipe multicêntrica, a fim de contribuir com a análise dados coletados pela base de dados em fendas craniofaciais. Trata-se de uma perspectiva de atuação em genética inédita no Brasil. Assim, este treinamento poderá propiciar a formação de um profissional bastante qualificado e diferenciado. (AU)