Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem e ensaios em célula de contruções KGA-CFP e PPAR³-YFP

Processo: 14/07825-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2014
Vigência (Término): 06 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Sandra Martha Gomes Dias
Beneficiário:Luciana de Sousa Paradela
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/10875-9 - Estudos celulares e bioquímicos da enzima glutaminase e sua relação com o câncer, AP.JP
Assunto(s):Glutaminase   Neoplasias

Resumo

Células tumorais apresentam um metabolismo energético e biosintético diferenciado quando comparado ao das células não transformadas, sendo caracterizado pela intensa glicólise mesmo na presença de oxigênio (Efeito Warburg). Uma das consequências do aumento da glicólise é a diminuição no aporte de piruvato para a mitocôndria, o que contribue para o truncamento do ciclo do ácido tricarboxílico (TCA). Para a manutenção da alta taxa mitótica, as células neoplásicas utilizam a via da glutaminólise para manter em funcionamento o ciclo do TCA, uma importante fonte de metabólitos precursores de macromoléculas. Já foram identificadas três isoformas das glutaminases, primeira enzima da via glutaminolítica, em mamíferos: a Kidney-type glutaminase (KGA), Glutaminase C (GAC), e a Liver-type glutaminase (LGA). Dados recentes de nosso grupo implicaram a KGA como parceira de interacão do receptor nuclear PPAR³. O receptor PPAR³ está envolvido na expressão de vários genes presentes na diferenciação celular, no metabolismo de carboidratos, proteínas, lipídios e na tumorigênese. Há estudos que mostram que a atividade de PPAR³ previne tumores em tecidos como cólon, mama, próstata e pulmão, promovendo o aumento da diferenciação terminal, inibindo o crescimento celular, aumentando os níveis de apoptose e diminuindo a resposta inflamatória. Este trabalho tem como objetivo fazer construções e ensaios preliminares de expressão em células de KGA e PPAR³ expressas em quimera com proteínas fluorescentes. O objetivo final será a utilização dos mesmos para ensaio de FRET-FLIM para determinação da interação das mesmas em ambiente celular.