Busca avançada
Ano de início
Entree

Do que lembram aqueles que não esquecem? Um estudo sobre memória e noção de pessoa nos índios Pankararu

Processo: 14/19329-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:José Maurício Paiva Andion Arruti
Beneficiário:Arianne Rayis Lovo
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Índios   Pankararu   Área urbana   Identidade étnica   Memória cultural   São Paulo (SP)   Pernambuco

Resumo

Este projeto tem como objetivo analisar a produção de memória e noção de pessoa entre os Pankararu localizados na favela Real Parque, em São Paulo, e na aldeia Brejo dos Padres, em Pernambuco. Privilegiando a história de família, pretendo investigar as experiência e vivências dos jovens e velhos tanto na cidade quanto na aldeia, buscando compreender como o deslocamento entre essas duas localidades se configuram como um trânsito de fluxos não apenas de bens, proteção, cura etc. mas, sobretudo, de lembranças e memória do seu grupo. Os Pankararu são originalmente referidos à uma região denominada Vale do São Francisco (PE) e migram à capital paulista desde 1940, dando continuidade à fragmentação da sua identidade étnica. No Real Parque, o grupo reivindica uma identidade própria desde 1995, fato que gerou dissidências entre as lideranças mais velhas do grupo. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.