Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de biomarcadores de ingestão de polifenóis oriundos da dieta usando abordagens metabolômica e proteômica

Processo: 14/22864-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Franco Maria Lajolo
Beneficiário:Daniela Fojo Seixas Chaves
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07914-8 - FoRC - Centro de Pesquisa em Alimentos, AP.CEPID
Assunto(s):Metabolômica   Polifenóis   Flavanonas   Laranja   Proteômica

Resumo

Dietas ricas e frutas e hortaliças estão associadas com a promoção à saúde e com a redução no risco de desenvolvimento de diversas doenças, tais como doenças cardiovasculares e diversos tipos de câncer. Estes efeitos estão relacionados com compostos fitoquímicos, principalmente polifenóis, alimentos vegetais e/ou seus derivados. Inicialmente, a atividade biológica de polifenóis estavam associados à sua elevada capacidade antioxidante, entretanto sabe-se que os mecanismos são mais complexos, os quais envolvem a modulação da expressão de genes e da sinalização celular. Outro importante desafio relacionado à caracterização dos mecanismos biológicos dos polifenóis, tais como os flavonoides, refere-se ao limitado conhecimento de sua biodisponibilidade, principalmente o papel do seu metabolismo. As abordagens metabolômica e a proteômica são propostas como uma poderosa ferramenta para explorar a complexa relação entre a nutrição e o metabolismo, uma vez que a metabolômica caracteriza modificações no metaboloma sob diversos efeitos, entre eles, genéticos e/ou fisiológicos ou ambientais. Assim, o objetivo deste trabalho é, inicialmente, a caracterização de polifenóis em frutas características do Brasil, identificando novas fontes de frutas com potencial atividade biológica. Além disso, desenvolver e aplicar ferramentas de metabolômica e de proteômica em estudos clínicos em modelos humanos saudáveis, em intervenções agudas e/ou de curta duração, a fim de se avaliar o impacto da ingestão de polifenóis no metabolismo global. Um importante desafio na metabolômica nutricional é identificar novos biomarcadores que possam ser utilizados para estimar o consumo ou de exposição de polifenóis e, também novos biomarcadores de efeito a fim de correlacionar a ingestão destes compostos bioativos com os efeitos observados in vivo. O primeiro modelo que será investigado está baseado na ingestão de suco de laranja, fonte de flavanonas, em modelo de dieta rica em lipídeos, em humanos saudáveis.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHAVES, DANIELA F. S.; CARVALHO, PAULO C.; BRASILI, ELISA; ROGERO, MARCELO M.; HASSIMOTTO, NEUZA A.; DIEDRICH, JOLENE K.; MORESCO, JAMES J.; YATES, III, JOHN R.; LAJOLO, FRANCO M. Proteomic Analysis of Peripheral Blood Mononuclear Cells after a High-Fat, High-Carbohydrate Meal with Orange Juice. JOURNAL OF PROTEOME RESEARCH, v. 16, n. 11, p. 4086-4092, NOV 2017. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.