Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação farmacológica do composto 4C para prevenir o priapismo em camundongos transgênicos para anemia falciforme

Processo: 14/21965-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Autonômica
Pesquisador responsável:Fernando Ferreira Costa
Beneficiário:Fábio Henrique da Silva
Supervisor no Exterior: Arthur Louis Burnett
Instituição-sede: Centro de Hematologia e Hemoterapia (HEMOCENTRO). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Johns Hopkins University (JHU), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/19781-2 - Terapêutica de prevenção do priapismo em camundongos transgênicos para anemia falciforme com drogas que interferem na via de sinalização NO/GCs/GMPc, BP.PD
Assunto(s):Óxido nítrico   Priapismo   Anemia falciforme

Resumo

O priapismo é definido como uma ereção peniana prolongada e persistente, desencadeada ou não por estímulo sexual, e esta é uma das complicações associadas a doença falciforme. O priapismo isquêmico é uma emergência urológica que requer diagnóstico e tratamento imediato, uma vez que esta alteração está associada a danos nos corpos cavernosos e disfunção erétil. Atualmente, os tratamentos medicamentosos disponíveis atuam de forma aguda e não na prevenção, e frequentemente são administrados tardiamente durante o episódio de priapismo. Portanto, o desenvolvimento de novas terapias para prevenir e tratar o priapismo em homens com doença falciforme ainda são essenciais. Estudos recentes sugerem que uma causa em potencial implicada no priapismo decorrente da anemia falciforme é a redução da biodisponibilidade de NO, resultando em compensatória redução da atividade e expressão da fosfodiesterase tipo 5 (PDE5), assim prejudicando o mecanismo de controle da ereção peniana. Além disso, o aumento do estresse oxidativo contribui para disfunção endotelial e danos no tecido erétil em pacientes com anemia falciforme. Assim, terapias que normalizem a biodisponibilidade de NO, restaurem a via de sinalização NO-GMPc-PDE5 e reduzam o estresse oxidativo no pênis podem ser de importante interesse clínico. Em um esforço contínuo para desenvolver novos medicamentos para tratar os sintomas de anemia falciforme, o 4c composto foi sintetizado através da hibridização da molécula da hidroxiuréia e talidomida. Este composto apresenta propriedades doadora de NO, analgésica, antiinflamatória, inibidora de TNF-± e indutora da síntese de HbF. Portanto, o composto 4c é um novo candidato a droga com múltiplos efeitos benéficos para o tratamento de sintomas da anemia falciforme. Deste modo, o presente trabalho tem como objetivo avaliar o efeito farmacológico do tratamento continuo com o composto 4c, visando restaurar as alterações da função erétil associada à redução da biodisponibilidade de NO/GMPc e aumento do estresse oxidativo em camundongos transgênicos para a anemia falciforme. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, FABIO H.; KARAKUS, SERKAN; MUSICKI, BILJANA; MATSUI, HOTAKA; BIVALACQUA, TRINITY J.; DOS SANTOS, JEAN L.; COSTA, FERNANDO F.; BURNETT, ARTHUR L. Beneficial Effect of the Nitric Oxide Donor Compound 3-(1,3-Dioxoisoindolin-2-yl)Benzyl Nitrate on Dysregulated Phosphodiesterase 5, NADPH Oxidase, and Nitrosative Stress in the Sickle Cell Mouse Penis: Implication for Priapism Treatment. Journal of Pharmacology and Experimental Therapeutics, v. 359, n. 2, p. 230-237, NOV 1 2016. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.