Busca avançada
Ano de início
Entree

Dissecando os mecanismos de infectividade em Plasmodium - modelo experimental de Plasmodium yoelii com implicações para o estudo em Plasmodium vivax

Processo: 13/25807-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Fabio Trindade Maranhão Costa
Beneficiário:Juliana Almeida Leite
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/16525-2 - Plasmodium vivax: patogênese e infectividade, AP.TEM
Assunto(s):Plasmodium vivax   Plasmodium yoelii   Malária

Resumo

O Plasmodium vivax é responsável por mais de 80 milhões de casos de malária por ano no mundo, apresentando forte impacto social fora do continente africano, principalmente na Ásia e nas Américas. Além disso, recentemente foi constatado que similarmente às infecções por P. falciparum, infecções por P. vivax também podem evoluir para as formas graves da doença. Todo o processo de invasão é complexo e envolve várias interações entre os ligantes do parasita e receptores de hemácias de forma coordenada. O conhecimento atual sobre os mecanismos e as interações durante a invasão dos eritrócitos pelo parasita são limitados, e isto dificulta o desenvolvimento de abordagens para bloquear esta via essencial na manutenção do ciclo de vida do Plasmodium. Estratégias capazes de bloquear a invasão dos eritrócitos são parte do racional de várias vacinas baseadas em antígenos de merozoítos. Neste sentido, metodologias destinadas a elucidar o fenômeno da invasão facilitariam a validação e identificação de potenciais antígenos que poderiam ser utilizados como alvo no desenvolvimento de vacinas. Estudos associados à biologia de P. vivax, sua patogênese e infectividade ainda são incipientes devido, principalmente, a dificuldade de cultivo contínuo desse parasita e a restrição dos estudos a laboratórios de centros hospitalares localizados em áreas endêmicas de malária e que apresentem uma infraestrutura instalada adequada. P. vivax e P. yoelii usam o antígeno/receptor Duffy para quimiocinas (DARC) como um receptor para a invasão e ambos invadem preferencialmente reticulócitos. Além disso, como P. yoelii apresenta uma via alternativa de infecção, presumivelmente DARC independente, para invadir reticulócitos e P. vivax também tem um mecanismo desconhecido para invadir reticulócitos DARC negativos, é plausível acreditar que rotas alternativas de invasão possam ser compartilhada por estes dois parasitas. Neste sentido, este projeto visa ampliar a compreensão dos mecanismos de patogênese e infectividade de Plasmodium utilizando modelo de infecção experimental com P. yoelii. Sendo assim, pretendemos investigar interações ligante/receptor, identificando potenciais ligantes parasitários e receptores dos eritrócitos (maduros ou reticulócitos) envolvidos em rotas alternativas de invasão. Com este intuito, avaliaremos a infectividade de diferentes transfectantes de P. yoelii 17X com o gene correspondendo a proteínas de superfície deletadas (EBP, DBL, MAEBL, AMA-1, Py235 e RON-2) em eritrócitos e reticulócitos de camundongos Duffy positivos (Dfy+/+) e Duffy negativos (Dfy-/-). A evolução das infecções, resultantes das diferentes combinações das novas populações de parasitas com as células, alvo serão analisadas para caracterização das populações de células alvo infectadas (eritrócitos maduros e reticulócitos) em camundongos Dfy-/- e Dfy+/=. Ainda, para sugerir um via de invasão alternativa a Duffy estudaremos a invasão do parasita em eritrócitos Dfy-/- tratados com anticorpos monoclonais específicos para moléculas de superfície do eritrócito.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALBRECHT, LETUSA; LOPES, STEFANIE C. P.; IUNG ENEMBRECK DA SILVA, ANA BEATRIZ; BARBOSA, VANESSA; ALMEIDA, RODRIGO P.; SIQUEIRA, ANDRE M.; LEITE, JULIANA ALMEIDA; BITTENCOURT, NAJARA C.; DOS SANTOS, HELLEN GEREMIAS; BOURGARD, CATARINA; CARDOSO GARCIA, LUIZ FERNANDO; KAYANO, ANA CAROLINA A. V.; SOARES, IRENE S.; RUSSELL, BRUCE; RENIA, LAURENT; LACERDA, MARCUS V. G.; COSTA, FABIO T. M. Rosettes integrity protects Plasmodium vivax of being phagocytized. SCIENTIFIC REPORTS, v. 10, n. 1 OCT 7 2020. Citações Web of Science: 0.
KAM, YIU-WING; LEITE, JULIANA ALMEIDA; AMRUN, SITI NAQIAH; LUM, FOK-MOON; YEE, WEARN-XIN; ABU BAKAR, FARHANA; ENG, KAI ER; LYE, DAVID C.; LEO, YEE-SIN; CHONG, CHIA-YIN; RIBAS FREITAS, ANDRE RICARDO; MILANEZ, GUILHERME PAIER; PROENCA-MODENA, JOSE LUIZ; RENIA, LAURENT; COSTA, FABIO T. M.; NG, LISA F. P.; NETWORK, ZIKA-UNICAMP. ZIKV-Specific NS1 Epitopes as Serological Markers of Acute Zika Virus Infection. Journal of Infectious Diseases, v. 220, n. 2, p. 203-212, JUL 15 2019. Citações Web of Science: 1.
BITTENCOURT, NAJARA C.; LEITE, JULIANA A.; SILVA, ANA BEATRIZ I. E.; PIMENTA, TAMIRYS S.; SILVA-FILHO, JOAO LUIZ; CASSIANO, GUSTAVO C.; LOPES, STEFANIE C. P.; DOS-SANTOS, JOAO C. K.; BOURGARD, CATARINA; NAKAYA, HELDER I.; REVOREDO DA SILVA VENTURA, ANA MARIA; LACERDA, MARCUS V. G.; FERREIRA, MARCELO U.; MACHADO, RICARDO L. D.; ALBRECHT, LETUSA; COSTA, FABIO T. M. Genetic sequence characterization and naturally acquired immune response to Plasmodium vivax Rhoptry Neck Protein 2 (PvRON2). Malaria Journal, v. 17, OCT 31 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.