Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do desempenho do método ASOG na predição do equilíbrio líquido-líquido na tecnologia de lipídeos

Processo: 16/06853-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Roberta Ceriani
Beneficiário:Carlos Eduardo Sampaio Dantas
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Biodiesel   Óleos vegetais   Glicerol   Equilíbrio líquido-líquido

Resumo

O equilíbrio líquido-líquido na tecnologia de lipídeos, nos seus principais produtos e subprodutos, óleos/gorduras para consumo humano, biodiesel e glicerol, tem sido objeto de estudo nas últimas duas décadas. O advento do biodiesel tem levado a uma intensificação nas pesquisas relacionadas a termodinâmica de sistemas graxos (ou lipídicos), nos quais pelo menos um composto é considerado graxo. De fato, os processos de separação ou purificação das indústrias de óleos/gorduras, biodiesel e glicerol envolvem misturas multicomponentes que consistem de ácidos, ésteres ou álcoois graxos, aldeídos, acilglicerois, glicerol, metanol, etanol, água, dentre outros. Em parte desses processos, o conhecimento do equilíbrio líquido-líquido se faz necessário. Dada a complexidade inerente das misturas envolvidas, métodos preditivos baseados no conceito de contribuição de grupos, como UNIFAC (UNIQUAC Functional-group Activity Coefficients) e ASOG (Analytical Solution of Groups), são de grande aplicabilidade prática no desenvolvimento e aprimoramento de processos. Nesse sentido, esse projeto tem por objetivo avaliar o desempenho do método ASOG na predição do equilíbrio líquido-líquido de misturas (pseudo)ternárias e (pseudo)quaternárias (161 misturas, no mínimo) envolvendo compostos de interesse na tecnologia de lipídeos, sendo eles, biodiesel/ésteres graxos, glicerol, óleos/gorduras. Propõe-se também o aprimoramento da metodologia, com a regressão de novos parâmetros de interação de grupos já existentes e/ou a criação de novos grupos. A relevância desse tipo de ferramenta preditiva em projetos de engenharia, quando de elevada acurácia, é evidente, dado o amplo espectro de aplicação, uma vez que na grande maioria das vezes, o engenheiro tem que fazer uso da termodinâmica aplicada para estimar o comportamento de misturas cujas informações específicas nas condições desejadas (temperatura, pressão e/ou composição) não estão disponíveis. (AU)