Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do desempenho das técnicas moleculares de DNA microarray e LAMP para diagnóstico e seguimento de pacientes com meningite criptocócica

Processo: 16/12414-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Maria Luiza Moretti
Beneficiário:Pamella Stivanelli
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Técnicas de diagnóstico molecular   Meningite criptocócica

Resumo

A Meningite criptocócica é uma infecção causada por leveduras do gênero Cryptococcus que acomete principalmente pacientes com HIV, imunodeprimidos e transplantados de órgãos. Cryptococcus neoformans e Cryptococcus gattii são espécies que causam meningite criptocócica em humanos, sendo que C.gattii apresenta quadros mais graves do que C. neoformans e têm sido propostos esquemas terapêuticos diferenciados para cada espécie. Sendo assim, o objetivo desse trabalho é avaliar o desempenho das técnicas moleculares de DNA microarray e LAMP para diferenciar C. gattii e C. neoformans diretamente de amostras clínicas de líquor obtidas de pacientes com meningite criptocócica . Serão incluídos pacientes atendidos no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, Campinas - SP com amostras de líquor determinadas como positivas para Cryptococcus spp. no Laboratório de Microbiologia do HC/Unicamp. Amostras de líquor negativas para micro-organismos ou positivas para bactéria serão utilizadas como controle negativo das reações. O DNA fúngico será obtido diretamente do líquor e submetido à identificação por DNA microarray e LAMP. Os resultados serão comparados à identificação obtida pelo sequenciamento de DNA e microbiologia convencional. Os isolados de Cryptococcus spp. serão também testados quanto à sensibilidade a antifúngicos e haverá a coleta dos dados clínicos dos pacientes incluídos do projeto. Por essas análises pretende-se estabelecer técnicas moleculares que possam ser utilizadas no diagnóstico de C. gattii e C. neoformans e no estudo da epidemiologia da meningite cripotocócica.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.