Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre a diferença esperada na progênie (DEP) para crescimento e o turnover protéico e metabolismo energético de bovinos Nelore

Processo: 16/19628-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Saulo da Luz e Silva
Beneficiário:Rafael Aparecido Gomes
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Metabolismo   Gado Nelore   Mitocôndrias   Metabolismo energético

Resumo

O objetivo deste estudo será avaliar a relação entre a diferença esperada na progênie (DEP) para crescimento, determinada através do ganho de peso da desmama ao sobreano (GP345), e a expressão de genes relacionados ao turnover proteico e metabolismo mitocondrial de animais Nelore. Para isso, serão selecionados 130 bovinos da raça Nelore, provenientes do rebanho da Universidade de São Paulo, que possuam informações genéticas (DEPs) de GP345. A seleção dos animais será realizada visando utilizar animais o mais contrastantes possível, com relação aos valores de DEPs para GP345. Os animais serão confinados e alimentados individualmente por aproximadamente 100 dias. A cada 28 dias os novilhos serão pesados e avaliados por ultrassonografia e por imagens termográficas. No dia anterior ao abate será realizada uma coleta de sangue para se determinar os níveis plasmáticos de creatinina, 3-metil histidina e IGF-1. Duas amostras do músculo Longissimus e uma do fígado serão colhidas imediatamente após o abate, conservadas em freezer a -80°C, e posteriormente utilizadas na determinação do tipo de fibras musculares e expressão de genes relacionados ao turnover proteico (IGF1R, IGFBP3, IGFBP5, GSK3ß, TRIM63, FBXO32, MSTN, SMAD2 e SMAD3) e ao metabolismo mitocondrial (CYC1, CYB5B, ATP5A1, UCP2, UCP3, SOD1, GPX1). Um segunda amostra de fígado será coletada e imediatamente processada para análise da respiração mitocondrial e da cinética do vazamento de prótons. Os dados obtidos serão avaliados por análise de variância, para verificar o efeito do grupo de DEP (alta ou baixa) sobre as características avaliadas.abordagens uni e multivariadas, visando encontrar possíveis relações entre os valores das DEPs dos animais com as diferentes características avaliadas. Também serão realizadas análises de correlações simples, visando identificar um possível relação linear entre os fatores e características estudadas. Uma possível relação entre as características de carcaça avaliadas por ultrassom e os dados de termografia de infravermelho, com a expressão dos diferentes genes estudados, será avaliada através de análises uni e multivariadas (AU)