Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da expressão de SOX2 durante a puberdade e sua relação com a diferenciação terminal e produção hormonal em animais com mutação espontânea no gene Prop1

Processo: 16/16493-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Luciani Renata Silveira de Carvalho
Beneficiário:Juliana Moreira Silva
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hipopituitarismo   Endocrinologia

Resumo

A hipófise é uma glândula vital que produz e secreta hormônios relacionados ao crescimento, fertilidade, lactação e resposta ao estresse. O seu desenvolvimento e semelhante em todos os vertebrados. Varios fatores de transcriçao controlam as fases iniciais da organogênese hipofisaria: Hesx1, Gli2, Otx2, Lhx3, Lhx4, Sox2 e Sox3, enquanto os fatores de transcriçao como o Prop1 e Pou1f1 (Pit-1) estao envolvidos na diferenciaçao celular terminal. Estes fatores participam de uma cascata de eventos responsáveis pela formação de hormônios hipofisários (LH, FSH, TSH, GH e PRL) e, quando ausentes, provocam a deficiência de um ou mais hormônios. A linhagem Ames, camundongo com mutação espontânea no fator de transcrição Prop1, é extensivamente utilizada como modelo animal para entendimento do hipopituitarismo congênito. A ausência desse fator tardio relacionado a diferenciação terminal dos hormônios ocasiona, um acúmulo hipofisário do marcador de célula tronco/progenitora Sox2 nos períodos P0, P7 e 8S, que correspondem ao nascimento, fim da primeira onda de crescimento e fase adulta, respectivamentes. Contudo, no período correspondente a puberdade (4 semanas), o camundongo Ames demonstrou uma redução abrupta de Sox2 com elevação nos níveis de hormônios hipofisários no animal mutado em relação ao selvagem, sugerindo a recuperação do eixo hipofisário as custas da provável compensação da ausência do Prop1 por outros fatores. O presente estudo tem como objetivo avaliar e confirmar o padrão de expressão de Sox2 e hormônios hipofisários e caracterizar os fatores responsáveis pelo início da diferenciação celular e expressão hormonal no período puberal do modelo Ames. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)