Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de imunossensor baseado em grafeno para detecção da enterotoxina A de Staphylococcus aureus em amostras de leite

Processo: 17/07288-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Ivana Cesarino
Beneficiário:Giovanna da Silva Rocha
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/02382-1 - Avaliação da imobilização de anticorpos policlonais anti-SEA em rGO derivado de grafeno obtido pelo método CVD, BE.EP.IC
Assunto(s):Staphylococcus aureus   Grafenos   Sensores eletroquímicos   Enterotoxinas   Técnicas biossensoriais

Resumo

Staphylococcus aureus é um dos micro-organismos envolvidos em doenças transmitidas por alimentos (DTAs), associada principalmente ao consumo de produtos preparados e processados manualmente. A intoxicação pela presença dessa bactéria envolve a produção de enterotoxinas estafilocócicas (SEs), das quais destacam-se as SEA e SEB por serem as mais bem caracterizadas dentre os mais de 20 tipos existentes. Classificadas como superantígenos, as SEs ligam-se a células antígeno-presentes (APCs) do trato gastrointestinal, desencadeando uma série de reações imunológicas que podem levar à inflamação. Atualmente, os métodos de detecção das SEs demandam tempo e pré-tratamentos amostrais, o que pode dificultar diagnósticos rápidos e efetivos. Nesse contexto, o desenvolvimento de um imunossensor eletroquímico baseado em óxido de grafeno reduzido (rGO) para a detecção das SEs torna-se uma alternativa interessante, visando o desenvolvimento de uma plataforma tecnológica mais sensível e rápida para a determinação dessas enterotoxinas. Além disso, o imunossensor se baseará nas interações imunológicas entre SEs e APCs do hospedeiro, aumentando a especificidade necessária para a detecção da enterotoxina A em amostras de leite contaminadas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, MARTIN K. L.; LEAO, ALCIDES L.; SAIN, MOHINI; CESARINO, IVANA. A functionalized renewable carbon-based surface for sensor development. Journal of Solid State Electrochemistry, v. 25, n. 3, p. 1093-1099, MAR 2021. Citações Web of Science: 0.
SILVA, MARTIN K. L.; LEAO, ALCIDES L.; SAIN, MOHINI; CESARINO, IVANA. A functionalized renewable carbon-based surface for sensor development. Journal of Solid State Electrochemistry, v. 25, n. 3 JAN 2021. Citações Web of Science: 0.
ROCHA, GIOVANNA S.; SILVA, MARTIN K. L.; CESARINO, IVANA. Reduced Graphene Oxide-Based Impedimetric Immunosensor for Detection of Enterotoxin A in Milk Samples. MATERIALS, v. 13, n. 7 APR 2020. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.