Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e caracterização tromboelastografia de esponjas hemostáticas a base de polímeros naturais para uso cirúrgico

Processo: 17/16010-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Jose Geraldo Nery
Beneficiário:Rodrigo Pereira Amarante
Instituição Sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Hemorragia   Tromboelastografia   Coagulação sanguínea   Hemostáticos   Zeolitas
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:analise tromboelastografica | biomassa (quitosana) | cascata de coagulação | esponjas hemostáticas | hemorragia | Zeolitas | Materiais e Medicina

Resumo

Apesar dos avanços na intervenção médica, hemorragia traumática fatal continua a ser uma das principais causas de morte no mundo. Assim, o desenvolvimento de métodos eficazes para o tratamento de hemorragias descontroladas tornou-se uma prioridade em vários centros de pesquisas médicas. Nesse sentido muitos esforços têm sido dedicados à pesquisa e desenvolvimento de novos agentes hemostáticos que possam atuar mais efetivamente no controle de hemorragias. A princípio um agente hemostático ideal deve ter a capacidade de parar o sangramento tanto arterial quanto venoso, estar disponível para uso imediato, ser de fácil aplicação, leve e durável, estável e funcional, seguro e barato. Nosso grupo de pesquisa vem atuando e direcionando parte de suas pesquisas na busca de novos agentes hemostáticos. Nossos resultados mais recentes envolvem a utilização de zeolitas como agentes hemostáticos para o controle de sangramento. Estes estudos revelaram que quando em contato com o sangue, as zeolitas adsorvem rapidamente as moléculas de água, com isso, concentrando as proteínas e elementos celulares essenciais para a formação do coágulo. Em virtude desses resultados promissores alcançados com materiais zeolíticos estudos sistemáticos de óxidos inorgânicos especialmente modulados para serem usados como agentes hemostáticos tornou-se uma área de pesquisa bastante atraente e desafiadora, devido ao seu grande potencial de inovação tecnológica. Embora as pesquisas com materiais inorgânicos estejam bastante avançadas, sendo que uma parte de seus resultados já foram depositados na forma de patentes e artigos científicos de revistas internacionais, o potencial de se usar matérias-primas derivadas de biomassa para sínteses de agentes hemostáticos eficientes, ainda não foi totalmente explorada. Dentro deste contexto, a busca de novos materiais hemostáticos, os objetivos deste projeto de pesquisa de iniciação científica são as sínteses, caracterização físico-química e estudos tromboelastografia de esponjas hemostáticas derivadas de polímeros naturais, nesse caso quitosana, para uso cirúrgico, visando o controle de sangramentos durante os procedimentos cirúrgicos através da aceleração do processo de coagulação. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)