Busca avançada
Ano de início
Entree

Leis e regras para o comer em Castela e Portugal nos séculos XIV-XV

Processo: 17/26286-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História Antiga e Medieval
Pesquisador responsável:Susani Silveira Lemos Franca
Beneficiário:Thiago Henrique Alvarado
Supervisor no Exterior: Jose Manuel Henriques Varandas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca , SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade de Lisboa, Portugal  
Vinculado à bolsa:17/01502-0 - Ordenanças do comer e vestir (Castela e Portugal dos séculos XIV e XV), BP.DR
Assunto(s):Lei   Hospedagem

Resumo

O projeto parcial, a ser desenvolvido junto à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL), tem como objetivo explorar um dos eixos da pesquisa de doutorado Ordenanças do comer e vestir (Castela e Portugal dos séculos XIV e XV) (Processo FAPESP 2017/01502-0), que procura abordar as relações entre a evitação de gastos por parte dos governantes e os argumentos moralizantes sobre o comer e o vestir. A proposta de pesquisa no exterior, a ser realizada em quatro meses, limitar-se-á ao levantamento de fontes e estudos sobre os elementos referentes ao comer. O ponto de partida do problema condutor desta parte é a observação de como, entre os séculos XIV e XV, nas cortes realizadas pelos monarcas de Castela e Portugal, foram correntes as queixas de prelados e procuradores das cidades e vilas quanto aos danos decorrentes das hospedagens de oficiais régios, cavaleiros, fidalgos e membros da família real, incluindo o rei e sua corte, nas casas, cidades, vilas e mosteiros. Ainda que se tratasse de prerrogativas desses membros se hospedar, por tempo determinado, nesses locais, suas passagens provocavam, segundo os membros do clero e do povo, diversos males e danos, especialmente no que diz respeito aos alimentos, levando os das cidades e vilas a temerem uma crise no abastecimento.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)