Busca avançada
Ano de início
Entree

Genes colocalizados: estudo de mútua regulação de biogênese entre genes codificadores e não codificadores

Processo: 17/18246-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Pedro Alexandre Favoretto Galante
Beneficiário:Felipe Rodolfo Camargo dos Santos
Instituição-sede: Hospital Sírio-Libanês. Sociedade Beneficente de Senhoras (SBSHSL). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/26582-2 - Uma caracterização essencial da expressão e regulação de RNAs longos não codificadores intragênicos, BE.EP.DD
Assunto(s):Biologia computacional   Biogênese   RNA longo não codificante   Processamento alternativo   Transcriptoma

Resumo

O controle da expressão gênica vem se mostrando um processo extremamente complexo e interligado a diversos elementos celulares e moleculares em cis e em trans. Atualmente seu entendimento é impulsionado pelo desenvolvimento científico e metodológico, sobretudo com a recente revolução dos métodos de sequenciamento de DNA/RNA e pelas análises mais precisas e poderosas de bioinformática. Genes colocalizados em relação a posição genômica podem apresentar relações regulatórias de biogênese, de função, de expressão e de conservação. A combinação de tais características é complexa e deve ser analisada de maneira integrada e ampla, o que torna a abordagem computacional essencial neste tipo de estudo. Em mamíferos, tal relação é enriquecida tratando-se de genes codificadores e RNAs não codificantes. As classes mais significativas e numerosas em termos de colocalização de genes não codificadores/codificadores são os miRNAs (~60%) e os snoRNAs (~90%). Porém, muito pouco foi estudado a respeito dos lncRNAs (RNAs não codificadores maiores de 200 nucleotídeos) intragênicos, apesar de estudos recentes indicarem que eles apresentam um papel funcional muito importante e que alguns exemplares estão colocalizados com outros genes (em humanos). Nesse projeto, pretendemos analisar os RNA não codificadores longos (lncRNAs) colocalizados (sobretudo em íntrons) de genes codificadores. De maneira mais detalhada, pretendemos: i) caracterizar sistematicamente esses lncRNAs intragênicos; ii) estudar algumas de suas características evolutivas; iii) estudar a expressão e possível coexpressão desse lncRNAs e seus genes hospedeiros; iv) e explorar a ocorrência de splicing alternativo em regiões gênicas contendo esses lncRNAs. As análises de expressão e splicing alternativo serão feitas também em um contexto de diversos tecidos humanos saudáveis versus tecidos tumorais. De maneira geral, no final desse projeto esperamos dar uma contribuição significativa para entendermos mais profundamente diversas características dessa classe tão importante de RNAs não codificadores. (AU)