Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

Micropartículas de oleoresina de páprica obtidas com diferentes materiais de parede e avaliação do efeito indutor de saciedade

Processo: 18/02132-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Miriam Dupas Hubinger
Beneficiário:Ana Gabriela da Silva Anthero
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/10432-1 - Avaliação toxicológica e digestibilidade in vitro das partículas carreadas com capsaicina, BE.EP.DR
Assunto(s):Microencapsulação   Oleorresinas   Páprica   Capsaicina   Malte   Cevada   Saciação   Spray drying   Cromatografia líquida de alta eficiência

Resumo

A Obesidade é um problema da sociedade moderna que vem contribuindo para a redução da expectativa de vida e o aumento dos gastos públicos com saúde. Por isso, há pesquisas na área de alimentos impulsionadas em investigar os ingredientes funcionais que sejam capazes de contribuir na moderação do consumo alimentar e promover a saciedade. A saciedade está associada com a secreção dos hormônios responsáveis pelo controle do apetite que podem ser estimulados por alguns compostos bioativos, como a capsaicina. Este fitoquímico está presente na oleoresina de páprica comumente aplicada como corante e aromatizante natural em alimentos. No entanto, as limitações encontradas para o uso desse aditivo na forma livre estão relacionadas às condições adversas do ambiente e sua baixa solubilidade em meio aquoso. Como alternativa a esses problemas, este estudo objetiva a obtenção de micropartículas de oleoresina de páprica por spray drying que apresentem efeito indutor de saciedade, utilizando o malte como um novo material de parede. As dextrinas obtidas a partir do malte de cevada (DMC) serão utilizadas para o preparo de emulsões (O/A) a base de DMC e combinações com goma arábica (GA) e Capsul® (CAP). Estes sistemas serão caracterizados e submetidos ao spray dryer e a eficiência de encapsulação das micropartículas será determinada quanto ao teor de capsaicina utilizando a cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE); as propriedades físicas, químicas e morfológicas serão determinadas no tempo zero e durante 7 semanas de estocagem. O efeito de saciedade será investigado por teste in vivo no qual serão avaliados os hormônios leptina, GLP-1, insulina e grelina. Dessa forma, a proposta deste estudo mostra-se potencialmente promissora para gerar um produto de valor agregado que seja capaz de promover saciedade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COMUNIAN, TALITA A.; ROSCHEL, GABRIELA GRASSMANN; DA SILVA ANTHERO, ANA GABRIELA; DE CASTRO, INAR ALVES; HUBINGER, MIRIAM DUPAS. Influence of heated, unheated whey protein isolate and its combination with modified starch on improvement of encapsulated pomegranate seed oil oxidative stability. Food Chemistry, v. 326, OCT 1 2020. Citações Web of Science: 0.
COMUNIAN, TALITA A.; DA SILVA ANTHERO, ANA GABRIELA; BEZERRA, EVELING OLIVEIRA; FREITAS MORAES, IZABEL CRISTINA; HUBINGER, MIRIAM DUPAS. Encapsulation of Pomegranate Seed Oil by Emulsification Followed by Spray Drying: Evaluation of Different Biopolymers and Their Effect on Particle Properties. Food and Bioprocess Technology, v. 13, n. 1, p. 53-66, JAN 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.