Busca avançada
Ano de início
Entree

Qualidade da dieta durante a gestação e sua relação com o peso ao nascer

Processo: 18/06746-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Análise Nutricional de População
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Daniela Saes Sartorelli
Beneficiário:Izabela da Silva Santos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidez   Peso ao nascer   Epidemiologia nutricional

Resumo

A qualidade da dieta de gestantes está associada a diversos efeitos de saúde maternos e fetais. O Índice de Qualidade da Dieta adaptado para Gestantes (IQDAG), previamente desenvolvido para gestantes brasileiras, apresenta nove componentes: hortaliças, leguminosas e frutas frescas em porções/1000 kcal; ferro, folato, cálcio, ômega 3 e fibras, e como componente moderador o percentual energético proveniente do consumo de alimentos ultraprocessados. O objetivo do presente estudo será investigar a relação entre o IQDAG e o peso ao nascer. Trata-se de uma coorte prospectiva que empregará dados de um estudo transversal prévio, conduzido entre 785 gestantes adultas atendidas pelo SUS do município de Ribeirão Preto-SP, complementados com o levantamento de dados das gestantes e dos recém-nascidos que será realizado nos sistemas de informação de saúde do município de Ribeirão Preto: Sistema de Acompanhamento da Gestante (SisPreNatal) e Sistema de Informações de Nascidos Vivos (SINASC). Serão excluídas as gestantes diagnosticadas com diabetes mellitus gestacional, prematuridade e com dados incompletos. O peso ao nascer será classificado em adequado, baixo peso ao nascer, macrossomia, pequeno para a idade gestacional e grande para a idade gestacional. A dieta foi estimada empregando-se dois inquéritos recordatórios de 24 horas e um questionário de frequência alimentar previamente validado para gestantes. A ingestão usual foi obtida empregando-se o Multiple Source Method. A relação entre a pontuação do IQDAG e o peso ao nascer será investigada em modelos de regressão linear, logística e/ou multinomial ajustados, dependendo da característica dos dados. As análises dos dados serão realizadas com o auxílio do programa SPSS e o nível de significância adotado será no valor de p < 0,05. (AU)