Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de blendas poliméricas biodegradáveis no sistema Ureia/Melamina/Formaldeído/Polióis para aplicações como filmes de revestimento de agroquímicos

Processo: 18/10448-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Cauê Ribeiro de Oliveira
Beneficiário:Marisa Gomes da Silva
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Agroquímicos   Recursos renováveis   Óleos vegetais   Polímeros (materiais)   Mamona   Blendas   Solubilização   Propriedades químicas   Varredura diferencial de calorimetria   Espectroscopia

Resumo

Investigar novas viabilidades tecnológicas, principalmente, a partir de matérias-primas renováveis vem despertando o interesse no âmbito acadêmico e industrial. Contudo, apresentar uma nova abordagem sobre reações, parâmetros de síntese, estruturas e propriedades químicas em sistemas derivado de óleos vegetais permite focalizar alternativas sustentáveis para a disseminação de novos sistemas poliméricos. Dessa maneira, essa proposta focaliza a preparação de uma formulação polimérica (na forma de blenda ou copolímero) a partir de um poliól vegetal à base de óleo de mamona como co-reagente no processo de polimerização de uma resina ureia melamina-formaldeído (UMF). O potencial de formação de ligações cruzadas entre opoliól e o polímero de condensação permitiria aumentar a plasticidade do sistema UMF, gerando um novo material biodegradável fonte de N e adequado ao revestimento de fertilizantes. Os materiais serão investigados a partir de reações de policondensação, sendo caracterizados por análises térmicas, como termogravimetria (TGA) e calorimetria exploratória diferencial (DSC), bem como espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier (FTIR). A capacidade de formação de ligações cruzadas entre o poliól e o sistema UMF será investigada, a fim de compreender como o poliól pode atuar como plastificante deste sistema já conhecido, porém frágil e quebradiço. Uma vez otimizadas as formulações, testes de produção de filmes finos e de deposição sobre grânulos de fertilizantes serão feitos, analisando se sua capacidade de atuar como barreira para a solubilização dos agroquímicos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BORTOLETTO-SANTOS, RICARDO; PLOTEGHER, FABIO; MAJARON, VINICIUS F.; DA SILVA, MARISA G.; POLITO, WAGNER L.; RIBEIRO, CAUE. Polyurethane nanocomposites can increase the release control in granulated fertilizers by controlling nutrient diffusion. APPLIED CLAY SCIENCE, v. 199, DEC 1 2020. Citações Web of Science: 0.
MAJARON, VINICIUS F.; DA SILVA, MARISA G.; BORTOLETTO-SANTOS, RICARDO; KLAIC, RODRIGO; GIROTO, AMANDA; GUIMARAES, GELTON G. F.; POLITO, WAGNER L.; FARINAS, CRISTIANE S.; RIBEIRO, CAUE. Synergy between castor oil polyurethane/starch polymer coating and local acidification by A. niger for increasing the efficiency of nitrogen fertilization using urea granules. INDUSTRIAL CROPS AND PRODUCTS, v. 154, OCT 15 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.