Busca avançada
Ano de início
Entree

Imagem corporal, comportamento e escolha alimentar e satisfação com a vida de indivíduos brasileiros

Processo: 17/20315-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição
Pesquisador responsável:Juliana Alvares Duarte Bonini Campos
Beneficiário:Wanderson Roberto da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Validação de instrumentos de pesquisa   Imagem corporal   Comportamento alimentar   Satisfação pessoal   Hidrocortisona   Brasileiros

Resumo

1. estimar as propriedades psicométricas dos instrumentos de medida utilizados para avaliar os conceitos investigados para amostra de indivíduos brasileiros; 2. avaliar a composição do conceito imagem corporal utilizando a associação de diferentes aspectos (satisfação/insatisfação corporal, atenção com a forma corporal, ansiedade física social, checagem e evitação corporal); 3. verificar a influência de características demográficas, sociais, econômicas, nutricionais, utilização de cosméticos e realização de procedimentos estéticos e cirúrgicos na imagem corporal; 4. verificar o impacto da imagem corporal, do comportamento alimentar e da escolha alimentar na satisfação com a vida; 5. estimar os níveis de cortisol salivar, desempenho funcional e composição corporal de indivíduos com os escores extremos de comportamento alimentar. Métodos: Serão convidados a participar do estudo indivíduos brasileiros de ambos os sexos com idades entre 18 e 40 anos. O estudo será desenvolvido em três fases. Na fase 1, serão realizadas todas as etapas necessárias para avaliar as propriedades psicométricas de cada instrumento utilizado (Escala Situacional de Satisfação Corporal-ESSC, Attention to Body Shape Scale-ABS, Social Physique Anxiety Scale-SPAS, Body Checking and Avoidance Questionnaire-BCAQ, Three-Factor Eating Questionnaire-TFEQ-18, Food Choice Questionnaire-FCQ e Satisfaction with Life Scale-SWLS). Na fase 2, serão elaborados modelos estruturais buscando responder aos objetivos 2, 3 e 4 recorrendo-se à modelagem de equações estruturais. Na fase 3, serão identificados e recrutados os indivíduos com escores extremos baixos (P<25) e elevados (P>75) de restrição cognitiva, alimentação emocional e/ou descontrole alimentar (TFEQ-18) para avaliação dos níveis de cortisol salivar (ensaio de eletroquimioluminescência), desempenho funcional (neurometria funcional) e composição corporal (bioimpedância). Em seguida, as médias obtidas para cada variável entre os grupos serão comparadas por meio de análise de variância utilizando-se nível de significância de 5%. (AU)