Busca avançada
Ano de início
Entree

Tchiga: palavra, artes verbais, afetos e ritual entre os Ticuna

Processo: 18/13214-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 30 de setembro de 2018
Vigência (Término): 29 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Pesquisador responsável:Marta Rosa Amoroso
Beneficiário:Edson Tosta Matarezio Filho
Supervisor no Exterior: Maria Emilia Montes Rodriguez
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad Nacional de Colombia (UN), Colômbia  
Vinculado à bolsa:15/11526-9 - Do ponto de vista das moças, BP.PD
Assunto(s):Canto   Tradução   Comportamento ritualístico   Línguas indígenas

Resumo

Esta proposta de estágio no exterior tem como objetivo um maior aprofundamento no estudo da língua ticuna. O foco específico está nas traduções, revisão de traduções, descrição e análise de mitos, exegeses e letras de canções relacionadas à Festa de Moça Nova - ritual de iniciação feminina dos Ticuna. Está prevista também a tradução e análise de termos chave para as análises do ethos do ritual e dos afetos presentes na Festa e que se espera das moças e dos participantes do ritual. Para tanto, o estágio propõe uma maior especialização nos estudos sobre a língua ticuna, as técnicas, métodos e teorias da Linguística pertinentes às análises da ação ritual, canções da Festa e semântica das palavras. Juntamente com tal refinamento linguístico das traduções e análises dos enunciados, os textos e comunicações serão trabalhados sob o ponto de vista das (1) teorias etnológicas, baseadas em etnografias de povos sul-ameríndios, sobre o corpo, seus afetos e emoções; (2) teorias e métodos desenvolvidos para a análise etnológica e relacional da ação ritual. O período de pesquisa contribuirá para delinear o papel dos aconselhamentos e das manipulações do corpo das neófitas na produção da afetividade das moças e dos participantes do ritual.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Ritual de iniciação feminina evidencia a vitalidade da cultura indígena 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias: (2 total)