Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência dos fenótipos M1 e M2 de macrófagos e do receptor P2X7 na metástase de neuroblastoma

Processo: 18/14993-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Claudiana Lameu
Beneficiário:Carolina Adriane Bento
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/19128-2 - Mecanismos de metástase de tumores infantis para a medula óssea, AP.JP
Assunto(s):Neoplasias   Metástase   Neuroblastoma   Mecanismos moleculares   Microambiente tumoral   Macrófagos   Crianças

Resumo

O câncer é caracterizado por um rápido e descontrolado crescimento de células anormais, e é a segunda causa global de morte (1 a cada 6 mortes no mundo), com aproximadamente 8,8 milhões de mortes em 2015. Apesar de muitas pesquisas em andamento, o câncer ainda não tem cura. Portanto, a busca por tratamentos cada vez mais efetivos e a elucidação dos mecanismos moleculares envolvidos no seu desenvolvimento se fazem extremamente necessárias. O neuroblastoma é o câncer mais comum em crianças, acometendo de 8% a 10% dos tumores infantis. O neuroblastoma de alto risco resulta em metástase e apenas 20% dos pacientes sobrevivem até 5 anos após o diagnóstico, apesar da quimioterapia agressiva. Sabe-se que os tumores são tecidos complexos, compostos de vários tipos celulares que estão inter-relacionados e auxiliam o desenvolvimento do tumor, o que é chamado de microambiente tumoral. Entre esses tipos celulares, encontram-se os macrófagos. A ativação ou polarização dos macrófagos varia de acordo com os estímulos microambientais de onde se encontram, podendo originar um fenótipo pró-inflamatório ou um fenótipo anti-inflamatório. Esses fenótipos são denominados M1 e M2, respectivamente, e podem ser distinguidos de acordo com as respostas que são ocasionadas. Estudos já demonstraram que o receptor P2X7, que é altamente expresso em macrófagos, possui grande influência na polarização de macrófagos. Também vem sendo observada a associação de ambos fenótipos a uma maior capacidade de invasão e, consequentemente, de metástase. Dessa forma, este projeto pretende estudar como o receptor P2X7 influencia a polarização de macrófagos M1 e M2 e como ambos os fenótipos contribuem para a metástase em neuroblastoma. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ARNAUD-SAMPAIO, VANESSA F.; RABELO, IZADORA L. A.; BENTO, CAROLINA A.; GLASER, TALITA; BEZERRA, JEAN; COUTINHO-SILVA, ROBSON; ULRICH, HENNING; LAMEU, CLAUDIANA. Using Cytometry for Investigation of Purinergic Signaling in Tumor-Associated Macrophages. Cytometry Part A, v. 97, n. 11 JUL 2020. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.