Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise in vivo da migração local e sistêmica de íons dos cimentos ProRoot MTA e silicato tricálcio

Processo: 20/14876-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Marina Angélica Marciano da Silva
Beneficiário:Gabriela Fernanda Bombarda
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/22098-9 - Análise in vivo da migração local e sistêmica de íons dos cimentos ProRoot MTA e silicato tricálcio, AP.R
Assunto(s):Bismuto   Teste de materiais   Silicato tricálcico   Cimentos dentários   Modelos animais   In vivo   Silício

Resumo

O objetivo do estudo é avaliar a migração local e sistêmica de íons bismuto e silício provenientes do cimento ProRoot MTA e seu acúmulo no sangue e em diferentes órgãos (cérebro, fígado e rins) após contato com diferentes tecidos. Um total de 64animais serão divididos em 4 grupos, de acordo com o material a ser implantado: silicato tricálcio (TCS, n=20), ProRoot MTA (TCS-BiO, n=20), hidroxiapatita com 20% de óxido de bismuto (HAp-BiO, n=20) e controle negativo (sem implantação, n=4). Duas amostras do mesmo material serão implantadas no tecido conjuntivo subcutâneo ou no osso fêmur de cada animal. Após 30 e 180 dias, os animais serão sacrificados e o volume total de sangue e órgãos (cérebro, fígado e rins) serão removidos. Será realizada análise em espectrometria de massa por plasma acoplado indutivamente (ICP-MS) das amostras para detecção da presença dos íons bismuto e silício. Os resultados serão submetidos a análise estatística com nível de significância de 5%.