Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem dos genes das proteínas HP1BP3 e NAT10 humanas em vetores de expressão procariótico e eucariótico

Processo: 23/02380-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2023
Vigência (Término): 30 de novembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Fábio Luis Forti
Beneficiário:Larissa Dunkl Brujas
Instituição Sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:22/04243-4 - Avaliação funcional e molecular da fosfatase DUSP12 em células tumorais humanas submetidas a condições de estresse, AP.R
Assunto(s):Clonagem   Proteína tirosina fosfatase não receptora tipo 12   Instabilidade genômica   Interação proteína-proteína
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:clonagem | Dusp12 | Hp1Bp3 | instabilidade genômica | Interação proteína-proteína | Nat10 | Sinalização celular e reparo de DNA

Resumo

Uma abordagem proteômica realizada e publicada por nosso laboratório em 2019 (Network analysis of DUSP12 partners in the nucleusunder genotoxic stress. Monteiro LF, Forti FL. J Proteomics. 2019 Apr 15;197:42-52. doi: 10.1016/j.jprot.2019.02.008) investigou osparceiros e/ou substratos protéicos da fosfatase de atividade dual DUSP12. Isso foi realizado em ensaios in vitro usando lisadosnucleares de células tumorais de pulmão e mama submetidas ou não a estresse genotóxico, seguido de algumas validações bioquímicase celulares. Dois alvos protéicos identificados foram as proteínas HP1BP3 e NAT10, as quais foram apenas superficialmente validadas.Porém, para maiores investigações moleculares das interações entre DUSP12 e estas proteínas, nós precisamos de construçõesplasmidiais para expressão destas duas proteínas recombinantes em bactérias e posteriores ensaios de pull-down in vitro. Além dessas,nós precisamos de construções plasmidiais de expressão em células eucarióticas para investigação in vivo (in cells) destas interações, oque comprovaria e validaria os resultados obtidos in vitro. Portanto, a obtenção e caracterização destas construções (porsequenciamento e outras técnicas) seria fundamental para iniciarmos as investigações in vitro e in vivo destas três proteínas sobdiversas condições e contextos celulares a fim de se validar e melhor entender as funções biológicas e nucleares da fosfatase DUSP12.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)