Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de anestésicos locais na formação e composição de DRM de eritrócitos

Processo: 08/10150-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica de Processos e Sistemas
Pesquisador responsável:Eneida de Paula
Beneficiário:Leonardo Luis de Souza
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:06/00121-9 - Novas formulações de anestésicos locais de liberação controlada: do desenvolvimento ao teste clínico odontológico, AP.TEM
Assunto(s):Eritrócitos   Anestésicos locais   Detergentes   Lipídeos de membrana

Resumo

O mecanismo de ação de anestésicos locais (AL) envolve sua interação com proteína (canal de sódio voltagem-dependente de axônios) e com lipídios da membrana. Fenômenos de membrana como a separação lateral de fases, que formam domínios ("lipid rafts") de composição diferenciada, onde proteínas específicas se inserem para manter sua funcionalidade, têm sido associados aos processos de fusão, transdução de sinal e propagação do estímulo nervoso. A membrana do eritrócito é um ótimo modelo para o estudo de "lipid rafts". As propriedades destes domínios na membrana, de tamanhos da ordem de nanômetros, e seu papel fisiológico têm sido estudadas através do preparo de DRMs (Detergent Resistant Membranes), obtidas com uso de detergentes, a baixa temperatura. Recentemente, Kamata e col. (2008) descreveram o efeito do anestésico local (AL) lidocaína em desorganizar DRMs de eritrócitos, resultando em falhas na transdução de sinal mediada pela proteína Gs±. Nesse trabalho pretendemos avaliar o possível efeito de AL (lidocaína, prilocaína e dibucaína) na formação e composição lipídica e proteica desses domínios, relacionando com DRMs obtidos a partir de células eritrocitárias depletadas de colesterol, e suas consequências nos DRMs formados. Nosso objetivo é elucidar detalhes da interação molecular dos AL com componentes da membrana, procurando relacioná-los ao mecanismo de anestesia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)