Busca avançada
Ano de início
Entree

Planejamento e síntese de compostos com potencial atividade neuroprotetora para tratamento de Doença de Alzheimer

Processo: 08/53690-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2008
Vigência (Término): 31 de agosto de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Chung Man Chin
Beneficiário:Rafael Consolin Chelucci
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Alzheimer   Anti-inflamatórios   Fármacos neuroprotetores   Planejamento de fármacos

Resumo

As doenças neurodegenerativas acometem cerca de 37 milhões de indivíduos em todo o mundo. Entre estas, a Doença de Alzheimer tem importância fundamental pois representa a grande maioria dos casos, com estimativa nada promissora, de atingir cerca de 34 milhões de indivíduos em 2025. A inflamação é fundamentalmente uma resposta de proteção tissular, cujo objetivo é livrar o organismo destruindo, diluindo ou bloqueando tanto da causa inicial da agressão celular (ex: microrganismos, toxinas, etc.) quanto das consequências dessa agressão, as células e tecidos necróticos e na medida do possível, cicatrizam e reconstituem o tecido lesado. Entretanto, as células do sistema imunológico também podem prolongar a inflamação e induzir tensão tecidual mediante a liberação de enzimas, de mediadores químicos e de radicais derivados de oxigênio. As citocinas são polipeptídios produzidos principalmente por linfócitos ativados e por macrófagos, que modulam a função de outros tipos celulares. As principais citocinas mediadoras do processo inflamatório são as interleucinas principalmente a da família do tipo-1 e tipo-8 (IL-1, IL-8), e o fator de necrose tumoral (TNF-alfa e beta). Uma vez que as doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer (DA) parece ter o processo inflamatório como papel chave na fisiopatologia da doença, o presente estudo visa planejar e obter quatro compostos híbridos com atividade anti-inflamatória inibidora de TNF-alfa com potencial efeito neuroprotetor para o tratamento da DA. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.