Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinacao de vicios refrativos utilizando tecnicas de inteligencia artificial.

Processo: 02/08038-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2002
Vigência (Término): 31 de outubro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:André Carlos Ponce de Leon Ferreira de Carvalho
Beneficiário:Giampaolo Luiz Libralon
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Oftalmologia   Redes neurais (computação)

Resumo

Valendo-se de técnicas de Inteligência Artificial, este projeto visa apoiar o desenvolvimento de um sistema de reconhecimento e análise, que será baseado em Redes Neurais e Combinação de Classificadores. O objetivo é permitir que este sistema seja capaz de diagnosticar vícios refrativos (miopia, hipermetropia e astigmatismo) do olho humano a partir de imagens inicialmente processadas. Tais imagens são obtidas por uma técnica de aquisição de informações provenientes do globo ocular, chamada Hartmann-Shack. Após a aquisição, as imagens passam por uma fase de pré-processamento utilizando técnicas baseadas em segmentação para tons de cinza e morfologia matemática e extração de características (PCA Clássico). Após o refinamento destas imagens, as informações extraídas serão analisadas utilizando Redes Neurais Artificiais e posteriormente Combinação de Classificadores (técnica que permitirá aumentar a precisão e confiabilidade dos resultados fornecidos pelas redes). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GIAMPAOLO LUIZ LIBRALÃO; ANTONIO VALERIO NETTO; ANDRÉ PONCE DE LEON F. DE CARVALHO; MARIA CRISTINA FERREIRA DE OLIVEIRA. Determinação de vícios refrativos oculares utilizando Support Vector Machines. Sba : Controle & Automação, v. 16, n. 2, p. 146-158, Jun. 2005.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.