Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel biológico da iteração da proteína prion celular com vitronectina

Processo: 01/12601-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de junho de 2002
Vigência (Término): 30 de novembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Vilma Regina Martins
Beneficiário:Glaucia Noeli Maroso Hajj
Instituição-sede: Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer (ILPC). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/07124-8 - Papel da proteína prion celular em processos fisiológicos e patológicos, AP.TEM

Resumo

Prion é conhecido como agente etiológico de várias encefalopatias espongiformes bovinas, como BSE, scrapie e a doença de Creutzfeld-Jacob. O agente infeccioso é uma isoforma alterada de uma proteína celular normal denominada prion celular ou PrPc. Nosso grupo caracterizou anteriormente a interação de PrPc com uma proteína de matriz extracelular, laminina. Esta interação medeia vários processos celulares, como adesão, migração, extensão e manutenção de neuritos. Foi verificado ainda que PrPc interage com outra proteína de matriz extracelular, a vitronectina. A interação entre PrPc e vitronectina foi vista in vitro e se mostrou altamente específica, com Kd de 12nM. Foram mapeados também os sítios de interação tanto na molécula de PrPc quanto na molécula de vitronectina. Ainda não foi determinado, porém, o papel desta interação in vivo. Neste trabalho pretendemos verificar se a interação PrPc-vitronectina tem algum papel na extensão e manutenção de neuritos, observando também as vias de sinalização envolvidas no processo. Além disso, como já é sabido que vitronectina é capaz de interagir com proteínas da família das integrinas, pretendemos avaliar a co-localização de PrPc com estas proteínas nos complexos de adesão focal e se isto é mediado pela adição de vitronectina. (AU)