Busca avançada
Ano de início
Entree

Ocorrência e distribuição genômica dos elementos transponíveis cópia, gypsy, micropia, MINOS e Osvaldo em espécies de Drosophila do grupo repleta

Processo: 00/05251-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2000
Vigência (Término): 31 de maio de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Claudia Marcia Aparecida Carareto
Beneficiário:Luciane Madureira de Almeida
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil

Resumo

A identificação de diferentes classes de elementos transponíveis, em todos os organismos, instiga a investigação e a compreensão de seu papel na geração de variabilidade genética, na dinâmica das populações e na evolução. O gênero Drosophila surgiu a partir de várias radiações da família Drosophilidae, sendo que a radiação virílis-repleta originou o grupo repleta, constituído por 92 espécies, subdivididas em 5 subgrupos. Neste trabalho serão estudadas diferentes linhagens e espécies de Drosophila do grupo repleta, provenientes de diferentes regiões do Estado de São Paulo, com objetivo de: 1. averiguar a ocorrência dos elementos transponíveis cópia, gypsy, micropia, osvaldo e Minos; 2. avaliar a variabilidade intra e interespecífica dos sítios de inserção dos diferentes elementos no genoma das espécies e linhagens; 3. avaliar se o padrão de distribuição entre espécies e linhagens de uma mesma espécie sugerem atividade do elemento e se evidenciam a ocorrência de transferência genica horizontal e 4. comparar o número de cópias do elemento micropia entre machos e fêmeas, da mesma espécie e relacionar este número com a fertilidade dos machos. A avaliação da ocorrência dos elementos transponíveis será realizada através das técnicas de PCR e dot blot. A distribuição genômica será analisada pelo método de Southern. (AU)