Busca avançada
Ano de início
Entree


Polpação kraft de cavacos de espessura reduzida

Texto completo
Autor(es):
Flavia Schmidt
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Piracicaba.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Data de defesa:
Membros da banca:
Francides Gomes da Silva Junior; Geraldo Bortoletto Junior; Luiz Fernando de Moura
Orientador: Francides Gomes da Silva Junior
Resumo

Este trabalho teve como objetivo analisar os cavacos de dimensões reduzidas inseridos em cozimentos que se utilizam de menores tempos e maiores temperaturas, de maneira a se obter as bases para o estabelecimento de um novo processo e/ou a otimização dos sistemas atualmente utilizados em escala industrial. Amostras de cavacos de referência (3,6 mm, obtidas pelo processo convencional de picagem) e de cavacos com espessura de 0,5 mm, 1 mm e 2 mm (obtidas por um gerador de partículas), do híbrido de Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis com 7 anos foram analisadas quanto à densidade básica, composição química e morfologia das fibras. Após a caracterização, os materiais foram submetidos à polpação kraft pelo processo convencional e foram testados três níveis de fator H com quatro níveis de álcali ativo de maneira a se estabelecer uma equação que representasse o processo e pudesse ser utilizada em cozimentos futuros. Através das equações obtidas foi possível calcular os parâmetros de rendimento depurado, álcali ativo residual, álcali ativo consumido, teor de sólidos secos, fator H e álcali ativo em função de um número kappa 18. Os resultados mostram que a densidade básica, a composição química e a morfologia das fibras da madeira não foram afetadas pelo processo de picagem. No entanto, a densidade a granel foi afetada pela espessura dos cavacos, sendo de 0,037, 0,081, 0,110 e 0,141 g.cm-³ para os cavacos de 0,5 mm, 1 mm, 2 mm e 3,6 mm respectivamente. No processo de polpação, as espessuras se comportaram de maneira semelhante, no entanto, a espessura de 2 mm apresentou o melhor número kappa para o fator H de 451, o de maior interesse, com o mesmo rendimento que as demais espessuras. Na análise de regressão, a espessura de 2 mm apresentou melhor rendimento, menor teor de sólidos e menor fator H (de 461), compatível com o que se pretende utilizar em processos de polpação com tempo reduzido de cozimento. (AU)

Processo FAPESP: 11/16073-1 - Dimensões de cavacos e processos modificados de polpação - bases para o processo "FlashCooking"
Beneficiário:Flavia Schmidt
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado