Busca avançada
Ano de início
Entree


Desenvolvimento da infra-estrutura embarcada do Projeto AURORA

Autor(es):
Maeta, Silvio Mano
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Campinas. [2001]. xvii,200 f., gráficos, ilustrações, tabelas.
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica
Data de defesa:
Membros da banca:
Bueno, Samuel Siqueira; Gonçalves, Luiz Marcos Garcia; Campos, Mario Fernando Montenegro
Orientador: Bueno, Samuel Siqueira; Toledo, Maria Beatriz F. de
Área do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Indexada em: Base Acervus-UNICAMP; Biblioteca Digital da UNICAMP
Localização: Universidade Estadual de Campinas. Biblioteca Central Cesar Lattes; T/UNICAMP; M268d; Universidade Estadual de Campinas. Biblioteca do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica; T/UNICAMP; M268d
Resumo

Veículos aéreos semi-autonômos não tripulados apresentam um grande potencial, ainda pouco explorado, para aplicações de pesquisa e inspeção aérea através da coleta de informações do ambiente. Tais veículos permitem que o usuário possa definir a área a ser sobrevoada, a resolução temporal e espacial dos dados que devem ser obtidos e o tipo de sensor mais adequado para cada tipo de tarefa. Contudo, o desenvolvimento deste tipo de veículo é uma atividade bastante complexa, pois envolve de um lado a integração de um grande número de componentes de hardware de diferentes tipos (computadores, sensores, autuadores, link de transmissão de dados) e, por outro lado, o desenvolvimento do software responsável por realizar em tempo real tanto a comunicação destes dispositivos quanto o seu uso para o controle e navegação do veículo. A definição e estabelecimento de uma arquitetura, tanto de hardware quanto de software, é o elemento básico para se realizar o desenvolvimento de uma infra-estrutura integrada adequada, capaz de suportar a operação autônoma do veículo robótico. O objetivo desta dissertação é apresentar o desenvolvimento da infra-estrutura embarcada do Projeto AURORA, que visa ao desenvolvimento de dirigíveis não tripulados, com elevados graus de autonomia, para aplicações de inspeção aérea. Esta dissertação aborda: os elementos de hardware utilizados no sistema embarcado; as soluções encontradas para se realizar a integração dos mesmos e; o software embarcado, responsável por realizar o tratamento de dados sensoriais, a geração de comandos para atuadores e que, também, provê o suporte para o desenvolvimento, testes e validação de algoritmos de controle e navegação. O desenvolvimento de software foi feito utilizando-se as mais modernas técnicas de engenharia de software, que permitiram um processo acelerado de implementação e testes. A infra-estrutura desenvolvida foi validade através de vôos reais, onde o dirigível era controlado remotamente e também através de vôos semi-automáticos. Os dados de telemetria, além de permitirem o acompanhamento em tempo real dos vôos, também foram utilizados em uma análise posterior, validando o correto funcionamento do sistema embarcado do dirigível. A principal contribuição desse trabalho foi o desenvolvimento de um sistema embarcado próprio para ser utilizado em sistemas robóticos autônomos, validado experimentalmente através da utilização em condições reais de operação...(AU)

Processo FAPESP: 99/04645-7 - Desenvolvimento da infraestrutura embaracada do projeto aurora.
Beneficiário:Silvio Mano Maeta
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado