Busca avançada
Ano de início
Entree


Síntese e emprego de polímeros molecularmente impressos em técnicas miniaturizadas acopladas a cromatografia liquida para análises de triazinas e sulfoniluréias em amostras de milho

Texto completo
Autor(es):
Felipe Nascimento Andrade
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Carlos.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Química de São Carlos
Data de defesa:
Membros da banca:
Fernando Mauro Lanças; Suzana Lucy Nixdorf
Orientador: Fernando Mauro Lanças
Resumo

As triazinas e sulfoniluréias tem sido muito empregadas, devido ao crescente aumento na produção agrícola e aplicação de herbicidas nas lavouras, podendo causar sérios riscos à saúde humana e ao meio ambiente. Uma problemática é a baixa concentração que estes analitos são encontrados, tornando-se necessário o emprego do preparo da amostra para a sua determinação. Com isso, a busca por técnicas de preparo de amostras miniaturizadas, simples, de baixo custo, com menores riscos de contaminações ambientais e baixo consome de solventes, tem grande predominância. Dentre as microtécnicas de preparo de amostra podemos destacar a microextração em dispositivos preenchidos com sorventes (MEPS, do inglês, Microextraction by Packed Sorbent) e a microextração adsortiva em barra (BAμE, do inglês, Bar Adsorptive Microextraction). Outro aspecto desejado no preparo de amostras é a obtenção de uma maior seletividade quanto ao sorvente empregado, quando comparado àqueles convencionais como, por exemplo, sílica modificada (ex. C18), resinas Amberlite XAD, entre outros. Nesse âmbito, o presente trabalho apresenta a síntese de dois polímeros impressos molecularmente (MIP, do inglês, Molecularly Imprinted Polymers) e suas aplicações na adsorção seletiva de moléculas de triazinas e sulfoniluréias, com separação, identificação e quantificação feitas por LC-TOF-ESI e HPLC-DAD. A primeira metodologia desenvolvida foi a síntese dos polímeros impressos empregando o ácido metacrílico e o etileno glicol dimetacrilato. Após a síntese, os polímeros foram caracterizados através da espectroscopia de infravermelho e microscopia eletrônica de varredura. O coeficiente de seletividade para o MIP foi comparado com o coeficiente de seletividade do polímero não impresso (NIP, do inglês, non imprinted polymers) para misturas binárias de atrazina/picloram, atrazina/propanil, bensulfuron/betazon e bensulfuron/prometon onde os valores dos coeficientes de seletividade relativa (k\') obtidos foram de 17,2, 3,2, 10,6 e 8,5. A seguir, foram desenvolvidos dois métodos empregando MEPS para as triazinas e sulfoniluréias, respectivamente. Os métodos validados baseando-se nas recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e com diretrizes da Comunidade Europeia, apresentaram linearidade, seletividade, precisão, exatidão e recuperação adequadas para as triazinas e sulfoniuréias. Os limites de quantificação obtidos foram da ordem de 5,0-10,0 μg kg-1 para as triazinas e 2,5 μg kg-1 para as sulfoniluréias. Ainda com propósito de determinar esses herbicidas em milho, dois novos métodos de preparo de amostra foram desenvolvidos, empregando a BAμE. A BAμE, foi desenvolvida recentemente e combinada com os polímeros molecularmente impressos, avaliou-se sua determinação para as triazinas e sulfoniluréias. As variáveis da técnica BAμE foram otimizadas e, em seguida, validadas. Os limites de quantificação obtidos foram da ordem de 0,7 μg kg-1 para as triazinas e 0,4 μg kg-1 para as sulfoniluréias. Os métodos propostos foram aplicados com sucesso para determinação de triazinas em diferentes amostras de milho verde, com valores de recuperação satisfatórios na faixa de 80,0 -120,9%. (AU)

Processo FAPESP: 11/09898-4 - Desenvolvimento de polímeros molecularmente impressos e seu uso para o preparo de amostras e análise de triazinas e sulfoniluréias em milho utilizando cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC)
Beneficiário:Felipe Nascimento Andrade
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado