Busca avançada
Ano de início
Entree


Métodos de avaliação da qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais

Texto completo
Autor(es):
Andressa Takahara Montenegro
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia.
Data de defesa:
Orientador: Edivaldo Antônio Garcia
Resumo

Este experimento teve como objetivo definir o diâmetro de sonda mais adequado para realizar a resistência da casca à quebra, por meio de texturômetro; e ainda determinar qual o melhor posicionamento dos ovos para efetuar esta avaliação e identificar qual método de avaliação da qualidade da casca dos ovos é mais confiável caso não seja possível a avaliação em um aparelho eletrônico. Foi realizado um experimento que levou em consideração o diâmetro da sonda do texturômetro (2, 10 e 75mm), os tipos de ovos (brancos e vermelhos) e posicionamento dos ovos (horizontal e vertical) para avaliação da qualidade da casca. Para tanto, foram utilizados ovos provenientes de poedeiras com 60 semanas de idade, que foram separados por gravidade específica, utilizando-se o método de flutuação em solução salina com densidades variando de 1,070 a 1,100 g/cm3 com intervalos de 0,005 g/cm3, que posteriormente foram pesados em balança de precisão e submetidos à quebra com as sondas de diferentes diâmetros e realizadas as demais avaliações. Foi realizada análise de variância em delineamento inteiramente casualizado, e as médias comparadas pelo teste de Tukey (P<0,05). As correlações entre características foram calculadas pelo método de Pearson. A partir dos resultados obtidos neste estudo, é possível concluir que a sonda mais indicada para a realização da análise de resistência da casca à quebra é a de diâmetro de 75 mm, independente do posicionamento e tipo de ovo. Ovos brancos devem ser posicionad... (AU)

Processo FAPESP: 17/00527-0 - Métodos de avaliação da qualidade da casca dos ovos de poedeiras comerciais
Beneficiário:Andressa Takahara Montenegro
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado