Busca avançada
Ano de início
Entree


A fuga da Sogra : mulheres, poesia e humor em Hecyra

Texto completo
Autor(es):
Aline da Silva Lazaro Bragion
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Data de defesa:
Orientador: Isabella Tardin Cardoso
Resumo

A presente pesquisa propõe o estudo da caracterização dos papéis femininos em Hecyra (A sogra), uma intrigante comédia de Terêncio (185-159 a.C.) que é muito pouco estudada no Brasil. A tradução anotada do texto serviu de ponto de partida para a análise. Nesta, primeiramente, observando de que modo os Prólogos narram os acontecimentos das duas primeiras tentativas de representação de Hecyra, propomos uma interpretação que destoa da leitura "literal" normalmente dedicada a tais passagens. Na análise das cenas propriamente ditas, atentamos para o modo como se introduz uma temática central à peça, a saber: o conflito entre mulheres e entre os sexos (incluindo violência sexual e misoginia). Levamos em conta sobretudo a linguagem poética de Terêncio (com destaque à presença de metateatro), bem como a caracterização de personagens e situações pertinentes ao repertório da fabula palliata. Essa atenção à poesia terenciana revela-se fundamental para se perceberem aspectos humorísticos pouco apreciados em Hecyra (AU)

Processo FAPESP: 14/12723-0 - A fuga da sogra: mulheres, poesia e humor em Hecyra
Beneficiário:Aline da Silva Lazaro Bragion
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado