Busca avançada
Ano de início
Entree


Relações entre processos paleopedogenéticos e sedimentares na formação Marília da Serra de Echaporã (Grupo Bauru, Cretáceo Superior)

Texto completo
Autor(es):
Emerson Ferreira Oliveira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Data de defesa:
Orientador: Giorgio Basilici
Resumo

Paleossolos são representados por um corpo geológico que se encontra nas sucessões sedimentares e corresponde a um solo enterrado coberto por rochas ou por outros paleossolos mais recentes. A Formação Marília (Grupo Bauru) é constituída por uma porção relevante de perfis de paleossolos, em alguns afloramentos a espessura dos paleossolos supera 95% da sucessão. A alternância entre os processos paleopedogenéticos e sedimentares é um dos fatores fundamentais de controle para o desenvolvimento dos paleossolos. Esta pesquisa tem como objetivo a interpretação paleoambiental da porção superior do Grupo Bauru na região dos municípios de Marília e Echaporã do estado de São Paulo. Durante o trabalho de campo os paleossolos foram identificados e separados dos sedimentos mediante observação e descrição das estruturas pedogenéticas, horizontes, marcas de raízes, mosqueamentos e ausências de estruturas sedimentares. Os sedimentos foram identificados mediante a presença de estruturas sedimentares. Análises geoquímicas possibilitaram caracterizar os diferentes tipos de horizontes como Bw, Bk e Btk, o material de origem, hidrólise, calcificação e lixiviação. Os perfis de paleossolos analisados indicam condições ambientais de clima semiárido, com pouca vegetação. A maioria dos perfis de paleossolos são poucos desenvolvidos e possuem estruturas incipientes, alguns outros possuem estruturas pedogenéticas mais evidentes e contém um bom grau de desenvolvimento. O paleoambiente é identificado como clima semiárido, caracterizado pela alternância cíclica temporal entre depósitos subaquáticos não confinados (AU)

Processo FAPESP: 14/13297-4 - Uso de paleossolos e sedimentos para definir a evolução paleoambiental do Grupo Bauru nas áreas de Marília e Monte Alto (São Paulo)
Beneficiário:Emerson Ferreira de Oliveira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado