Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeitos de formulações probióticas contendo Lactobacillus paracasei 28.4 sobre o crescimento, produção de polissacarídeos e formação de biofilmes de Streptococcus mutans

Texto completo
Autor(es):
Janaína Araújo de Alvarenga
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" Instituto de Ciência e Tecnologia (Campus de São José dos Campos).
Data de defesa:
Membros da banca:
Silvana Soléo Ferreira dos Santos; Alessandra Bühler Borges
Orientador: Juliana Campos Junqueira; Coorientadora: Patrícia Pimentel de Barros
Resumo

O uso de probióticos como método de prevenção para a cárie dental tem sido amplamente investigado com resultados promissores. Portanto, torna-se necessário o desenvolvimento de formulações, para aplicação na cavidade bucal, que contenham cepas probióticas com atividade contra Streptococcus mutans. Assim, o objetivo desse projeto foi avaliar os efeitos antimicrobianos de formulações probióticas de Lactobacillus paracasei 28.4 sobre a atividade antibacteriana em crescimento planctônico, produção de polissacarídeos e formação de biofilmes de S. mutans. Inicialmente, a atividade antibacteriana de 3 diferentes formulações probióticas (concentrações de 0,5, 0,75 e 1% p/v de gellan gum em CaCl2) foram testadas em culturas planctônicas sobre cepas de S. mutans (cepa padrão UA 159 e 5 cepas clínicas). Os resultados demonstraram inibição total do crescimento das cepas de S. mutans quando tratadas com todas as formulações probióticas testadas. Nos estudos subsequentes, foram avaliados os efeitos profiláticos da formulação probiótica na concentração de 1% p/v nos biofilmes de 4 e 24 horas de S. mutans, utilizando-se a cepa UA 159 e 2 cepas clínicas. Por meio do método sulfúrico-antrona, foi observado que a aplicação da formulação probiótica reduziu a capacidade de produção de polissacarídeos extracelulares pelas cepas de S. mutans em aproximadamente 80% nos dois tempos dos biofilmes testados. A formulação probiótica também foi capaz de reduzir significativamente a biomassa total dos biof... (AU)

Processo FAPESP: 17/15529-8 - Efeitos de diferentes formulações probióticas contendo Lactobacillus paracasei 28.4 sobre a atividade antibacteriana, produção de polissacarídeos e formação de biofilmes por Streptococcus mutans
Beneficiário:Janaina Araújo de Alvarenga
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado