Busca avançada
Ano de início
Entree


Vigor-S: sistema para avaliação automatizada do vigor de sementes de soja

Texto completo
Autor(es):
Mayara Rodrigues
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Piracicaba.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALA/BC)
Data de defesa:
Membros da banca:
Julio Marcos Filho; Jose de Barros França Neto; Francisco Guilhien Gomes Júnior; Francisco Carlos Krzyzanowski
Orientador: Julio Marcos Filho
Resumo

O uso de sistemas computadorizados de análise de imagens de sementes ou de plântulas pode ser uma alternativa para diminuir a subjetividade e aumentar a rapidez da avaliação do potencial fisiológico de sementes. O objetivo desta pesquisa foi verificar a eficiência do sistema Análise Automatizada do Vigor de Sementes (Vigor-S) na identificação de diferenças de vigor de lotes de sementes de soja, em comparação ao Seed Vigor Imaging System - SVIS&reg; e outros testes recomendados (envelhecimento acelerado e tetrazólio) para avaliação do vigor de sementes de soja. Foram utilizados dois cultivares de soja, BMX Potência RR e 7166 RSF IPRO, cada um representado por dez lotes de sementes com germinação superior à mínima estabelecida para comercialização e diferenças de vigor. As sementes foram avaliadas quanto à germinação e vigor (primeira contagem do teste de germinação, tetrazólio, envelhecimento acelerado tradicional - EAT - e com solução saturada de NaCl - EASS), emergência de plântulas em campo e análises SVIS&reg; e Vigor-S, em três épocas experimentais. Os dados foram submetidos a análise da variância, em delineamento inteiramente casualizado (testes em laboratório) e em blocos ao acaso (testes em campo); as médias foram comparadas pelo teste de Tukey (p <= 0,05). Os resultados indicaram que a análise automatizada de imagens de plântulas com o uso do sistema Vigor-S é eficiente para a determinação do potencial fisiológico de sementes de soja. O teste de envelhecimento acelerado com solução saturada de NaCl durante 48 e 72 horas é sensível para estimar o potencial de emergência de plântulas de soja em campo. (AU)