Busca avançada
Ano de início
Entree


Modulação do processo de cicatrização pelos ácidos oleico e linoleico.

Texto completo
Autor(es):
Hosana Gomes Rodrigues
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Rui Curi; Maria Fernanda Cury Boaventura; Lydia Masako Ferreira; Marinilce Fagundes dos Santos; Francisco Garcia Soriano
Orientador: Rui Curi
Resumo

O presente estudo teve como objetivo caracterizar o processo de cicatrização e investigar os efeitos da suplementação (gavagem) com OL e Li em estudos in vivo. Após anestesia, uma área de 10 mm2 de pele foi removida cirurgicamente da região dorsal dos animais. A suplementação com Li reduziu o tamanho das feridas no sétimo dia após a indução. Esse resultado foi acompanhado de aumento na produção de peróxido de hidrogênio (H2O2). O OL reduziu o conteúdo de H2O2 após 24 horas. Li acelerou a resposta migratória, aparecendo células inflamatórias uma hora após o ferimento. OL induziu ativação do fator de transcrição NF-<font face=\"Symbol\">kB e o Li ativou AP-1 após uma hora. Em 24 horas, ambos AGs inibiram o NF-<font face=\"Symbol\">kB e não alteraram o AP-1. Li elevou as concentrações de CINC-2<font face=\"Symbol\">a<font face=\"Symbol\">b e OL aumentou TNF-<font face=\"Symbol\">a, no homogenato, uma hora após a indução da ferida. Em 24 horas, ambos AGs reduziram a expressão e as concentrações de IL-1<font face=\"Symbol\">b, IL-6 e MIP-3<font face=\"Symbol\">a. A suplementação com OL e Li acelerou a fase inflamatória do processo de cicatrização. (AU)

Processo FAPESP: 07/52766-6 - Modulação do processo de cicatrização, pelos ácidos oléico e linoléico, em ratos submetidos ao Diabetes Mellitus Experimental
Beneficiário:Hosana Gomes Rodrigues
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado