Busca avançada
Ano de início
Entree


Dieta hiperlipídica e envelhecimento modificam a sensibilidade à insulina e a expressão das proteinas relacionadas à via intracelular da insulina em hipotálamo de camundongos fêmeas.

Texto completo
Autor(es):
Gabriela Virginia Moreira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Carla Roberta de Oliveira Carvalho; Eliana Hiromi Akamine; Marco Antonio de Carvalho Filho
Orientador: Carla Roberta de Oliveira Carvalho
Resumo

Em machos, tanto o envelhecimento quanto a obesidade induzida por dieta hiperlipídica (DHL) apresentam defeitos na ação insulínica, no entanto há carência de informações sobre fêmeas. Avaliamos a sensibilidade à insulina, tolerância à glicose, o padrão estral e a expressão de proteínas da via insulínica em hipotálamo e músculo de fêmeas C57BL6. Camundongos com 10 meses de vida e com 4 meses alimentados com DHL apresentaram aumento de coxins gordurosos, resistência à insulina e intolerância à glicose em relação a seus controles. A DHL induziu redução no número de corpos lúteos, precedido de alteração do padrão estral; aumento da expressão do IR e PI3K no hipotálamo e de PI3K/AKT1 e IL-6 em músculo gastrocnêmio. No hipotálamo dos animais com 10 meses foi detectada redução na expressão do IR e TNF alpha. Confirmamos a associação entre obesidade, resistência à insulina e intolerância a glicose induzidas por dieta hiperlipídica e envelhecimento em fêmeas. Além disso, nestes modelos foi detectada modificação na expressão do IR hipotalâmico de modo distinto. (AU)

Processo FAPESP: 09/11986-9 - Efeito da dieta hiperlipídica sobre a expressão das proteínas relacionadas à via intracelular da insulina em hipotálamo de camundongos fêmea nas fases de diestro e proestro
Beneficiário:Gabriela Virginia Moreira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado