Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeitos dos pulsos de vazão dos reservatórios do baixo rio Paranapanema (SPPR) sobre os sistemas de jusante - variáveis físicas, químicas e assembléias zooplanctônicas (Cladocera e Copepoda)

Texto completo
Autor(es):
Danilo Augusto de Oliveira Naliato
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Botucatu. 131 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista. Instituto de Biociência de Botucatu.
Data de defesa:
Membros da banca:
Evaldo Luiz Gaeta Espindola; Ricardo Motta Pinto Coelho
Orientador: Marcos Gomes Nogueira
Resumo

Em muitos reservatórios brasileiros há uma significativa variação diária da vazão turbinada acoplada a variação na demanda no consumo de energia elétrica. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da variação da vazão nas usinas hidroelétricas de Capivara e Taquaruçu sobre as variáveis limnológicas nas regiões adjacentes à jusante. Os reservatórios de Capivara e Taquaruçu são o nono e décimo em uma série de onze reservatórios construídos em cascata no rio Paranapanema (Sudeste do Brasil) para geração de energia elétrica. Apesar de presentes em um mesmo rio, os reservatórios apresentam grandes diferenças de trofia, tempo de residência da água, altura da tomada d'agua para as rurbinas e processos de estratificação e circulação da água. Capivara e um reservatório profundo, com alto tempo de residência da água, meso-eutrófico, tomada d'agua para as turbinas próximas ao hipolímnio, com a vazão variando de 500 até 1400 m3 s-1 durante um ciclo de 24 horas. Taquaruçu é menos profundo, baixo tempo de residência da água, considerado oligo-mesotrófico, tomada d'agua para as turbinas a 7 m da superfície e com a vazão variando de 500 ate 2000 m3 s-1 em um mesmo dia. No verão e inverno, obteve-se dados limnológicos em pefis da coluna d'agua na zona de barragem dos dois reservatórios a montante (Capivara e Taquaruçu), e a cada 04 horas, a jusante desses locais, completando um ciclo nictemeral para cada período. Diferenças significativas foram verificadas devido a variação da vazão, principalmente para turbidez, nutrientes totais e sólidos em suspensão (orgânicos e inorgânicos). As características dos reservatórios de montante, como estratificação térmica e altura da tomada d'agua para as turbinas foram determinantes para as condições limnológicas encontradas a jusante. Em Capivara, foi verificada estratificação térmica durante... (AU)

Processo FAPESP: 06/05379-4 - Efeito dos pulsos de vazao turbinada dos reservatorios do baixo rio paranapanema (sp/pr) sobre o sistema de jusante - variaveis fisicas, quimicas e populacoes zooplanctonicas.
Beneficiário:Danilo Augusto de Oliveira Naliato
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado