Busca avançada
Ano de início
Entree


Presença de microrganismos potencialmente superinfactantes na cavidade bucal de pacientes com anemia falciforme em uso de hidroxiuréia

Texto completo
Autor(es):
Ana Carolina Rodrigues Danzi Salvia
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Jose dos campos. 139 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de São José dos Campos).
Data de defesa:
Membros da banca:
Fernanda Lourenção Brigheti; Karen Regina Carim da Costa
Orientador: Cristiane Yumi Koga Ito; Maria Stella Figueiredo
Resumo

Considerando-se que portadores de anemia falciforme apresentam relatado aumento da suscetibilidade às infecções e que reservatórios bucais de microrganismos patogênicos podem representar uma porta de entrada para doenças, a avaliação da microbiota bucal potencialmente patogênica ganha relevância. O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de leveduras do gênero Candida, estafilococos, enterobactérias e Pseudomonas spp. na cavidade bucal de pacientes com anemia falciforme em tratamento com hidroxiuréia, comparando os resultados com indivíduos controle. Foram incluídos no estudo 69 pacientes, com idades entre 15 a 60 anos, portadores de anemia falciforme, confirmados por exames clínicos e laboratoriais. Estes foram divididos em dois grupos: em tratamento com hidroxiuréia (HU) por no mínimo 90 dias (n=30); sem tratamento com HU (n=39). Foram também incluídos dois grupos controle pareados (controle I e II, respectivamente), sendo indivíduos saudáveis com perfil semelhante (quanto à idade, sexo e condições bucais) aos dos grupos em estudo. Não foram incluídos pacientes diabéticos, portadores de próteses bucais totais, outras doenças sistêmicas e que estivessem sob terapia com medicamentos que podem interferir com as condições bucais. Foram realizados exame clínico, anamnese e coleta de enxágüe bucal de cada paciente. Este foi semeado em meios de cultura específicos para cada microrganismo e, após incubação, foram obtidos valores de UFC/mL. Os isolados foram identificados pelo sistema API. A prevalência das espécies de microrganismos isolados foi comparada entre os grupos anemia falciforme com HU (AnF/HU+), sem HU (AnF/HU-) com seus respectivos controles. Foram realizados testes de suscetibilidade aos antimicrobianos segundo metodologia CLSI. Não foram observadas diferenças estatisticamente significativas entre as contagens de estafilococos... (AU)

Processo FAPESP: 08/56484-8 - Presença de microrganismos potencialmente superinfectantes na cavidade bucal de pacientes com anemia falciforme em uso de hidroxiuréia
Beneficiário:Ana Carolina Rodrigues Danzi Salvia
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado