Busca avançada
Ano de início
Entree


O ensino de Arte nas escolas municipais de Presidente Prudente : diretrizes políticas e o trabalho docente

Texto completo
Autor(es):
Denise Penna Quintanilha
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Presidente Prudente. 169 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Tecnologia.
Data de defesa:
Membros da banca:
Maria Eloisa Corrêa Toledo Ferraz; Helena Faria de Barros
Orientador: Yoshie Ussami Ferrari Leite
Resumo

Este trabalho, vinculado à linha de pesquisa “Políticas Públicas, Organização Escolar e Formação de Professores”, teve por objetivo analisar a situação atual do ensino de Arte nas escolas municipais de 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental de Presidente Prudente, em relação às diretrizes políticas do município e o trabalho docente, a fim de oferecer subsídios para o desenvolvimento de um trabalho de formação continuada sobre o ensino de Arte nas escolas. Participaram desta pesquisa seis escolas do município de Presidente Prudente, num total de 70 professores polivalentes e seis Orientadores Pedagógicos. Adotamos uma abordagem qualitativa com triangulação de procedimentos, iniciando o trabalho com uma pesquisa documental sobre a Legislação Federal, Estadual e Municipal sobre o ensino de Arte, juntamente com um levantamento sobre as dissertações e teses realizadas entre 2000 e 2009 no banco de teses da Capes. Em seguida, realizamos a aplicação de um questionário com perguntas abertas e fechadas com 70 professores da rede municipal de ensino e entrevistas semi-estruturadas com os Orientadores Pedagógicos das escolas participantes. Os resultados da pesquisa indicaram que a Arte na escola não será valorizada apenas por uma lei que a torne obrigatória. A Arte na escola só será valorizada se o professor polivalente, ainda que não seja o único responsável por essa aula, tenha formação suficiente sobre o assunto para agir em harmonia com o professor especialista. A pesquisa apontou para o fato de que a Arte na escola será valorizada se a direção tiver consciência de que a Arte é importante para o desenvolvimento de todas as potencialidades dos alunos e que, não sendo menos importante do que outras áreas de ensino como Português e Matemática, contribui com elas, em condição de igualdade, para a formação global do educando (AU)

Processo FAPESP: 09/12031-2 - O ensino da disciplina Arte nas escolas municipais de Presidente Prudente: diretrizes políticas e o trabalho docente
Beneficiário:Denise Penna Quintanilha
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado