Busca avançada
Ano de início
Entree


Os formalismos das simetrias de Becchi-Rouet-Stora-Tyutin e de Batalin-Vilkovisky e aplicações

Texto completo
Autor(es):
Davi Röhe Salomon da Rosa Rodrigues
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo. 2014-06-11.
Instituição: Universidade Estadual Paulista (Unesp). Instituto de Física Teórica (IFT). São Paulo
Data de defesa:
Orientador: Nathan Jacob Berkovits
Resumo

Sistemas com simetrias de gauge não podem ser quantizados da forma usual e necessitam de outros métodos capazes de fixar as condições de gauge. Sistemas que apresentam vínculos possuem graus de liberdade internos gerados por transformações de gauge. Nestes casos as equações de movimento não são suficientes para determinar a evolução de um sistema e é preciso impor vínculos ao sistema. Para fixar essas condições é necessário a adição de fantasmas. Depois que os vínculos foram fixados resta ainda uma transformação que envolve os campos físicos e fantasmas. Essa simetria é chamada simetria BRST. As propriedades do operador BRST permite determinar um conjunto de soluções independentes que satisfaçam os vínculos e, através desse processo é possível quantizar um sistema. Em alguns casos o operador BRST não é capaz de fixar todas as condições, para isso foi desenvolvido o formalismo BV. Além de fantasmas, também adiciona-se anticampos. Nesta dissertação foi feita uma revisão sobre vínculos, transformações de gauge e apresentou-se a simetria BRST. Utilizando as propriedades do operador BRST foi possível encontrar um método para determinar o operador BRST e apresentou-se o operador BV. Ao longo do texto apresenta-se exemplos para facilitar a compreensão da teoria (AU)

Processo FAPESP: 10/02907-5 - Estudos em supersimetria e supercordas
Beneficiário:Davi Rohe Salomon da Rosa Rodrigues
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado