Busca avançada
Ano de início
Entree


Mecanismos efetores da resposta imune à malária experimental.

Texto completo
Autor(es):
Henrique Borges da Silva
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Maria Regina D\'Imperio Lima; Marcelo Urbano Ferreira; Gustavo Batista de Menezes; Mauricio Martins Rodrigues; José Ronnie Carvalho de Vasconcelos
Orientador: Maria Regina D\'Imperio Lima
Resumo

O sistema imune exerce uma contribuição fundamental na proteção contra a infecção pelo plasmódio, o agente causador da malária. Entre os mecanismos envolvidos no controle dos parasitas do sangue destacam-se aqueles mediados por anticorpos. Entretanto, outros mecanismos do sistema imune também parecem exercer papéis fundamentais, e ao mesmo tempo foram pouco estudados. O presente trabalho teve como objetivo descrever alguns dos mecanismos efetores importantes na resposta imune à malária experimental. O projeto subdivide-se em duas partes: a) verificar a relação entre o priming por IFN-g e a imunidade ao parasita durante a fase crônica da infecção sanguínea pelo Plasmodium; e b) descrever separadamente o papel de células dendríticas e macrófagos do baço na fagocitose de eritrócitos infectados durante a infecção em modelo experimental, e o subsequente papel destas células na resposta imune durante esse período. Os resultados obtidos neste projeto deverão contribuir para a compreensão dos mecanismos envolvidos na imunidade contra a malária. (AU)

Processo FAPESP: 09/08559-1 - Caracterização dos mecanismos efetores da imunidade inata e adquirida no modelo de malária crônica em camundongos CD28KO infectados pelo Plasmodium chabaudi AS
Beneficiário:Henrique Borges da Silva
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto