Busca avançada
Ano de início
Entree

Paulo Hilário Nascimento Saldiva

CV Lattes ResearcherID ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Estudos Avançados (IEA)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Professor Titular do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Há mais de 25 anos pesquisa os efeitos da poluição do ar ambiente na saúde, incluindo estudos experimentais, epidemiológicos e clínicos. Pioneiro em Autópsia Minimamente Invasiva na Pandemia do COVID-19 (SARS-CoV-2). Membro Titular da Academia Nacional de Medicina e da Academia Brasileira de Ciências. Foi diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEA-USP), membro do comitê científico da Organização Meteorológica para temas de Clima e Saúde, presidente do Comitê de Pesquisa da FMUSP, membro do Conselho Científico Comitê da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard, EUA, membro do Comitê de Qualidade do Ar da OMS, membro do painel do International Agency for Research on Cancer (IARC) que avaliou a carcinogenicidade da poluição do ar ambiente. É coordenador do Instituto Nacional de Análise Integrada de Risco Ambiental do CNPq e do Núcleo de Pesquisa em Autópsia e Imagenologia (NUPAI-FMUSP). Agraciado com a Medalha Achieta (Câmara Municipal de SP), Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico e com a Medalha Armando Salles de Oliveira. Ciclista e Gaitista. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Cuando los niños se enferman gravemente 
Quando as crianças adoecem gravemente 
“Cada pessoa é uma história que desvendamos tanto no relato das famílias quanto em seus corpos” 
Dez milhões de estudantes sob poluição intensa 
Novo índice detalha peso de variáveis socioeconômicas em doenças 
Uma doença assustadora 
Os danos do coronavírus 
Poluente emitido pela queima de biomassa causa dano ao DNA e morte de célula pulmonar 
Cuando la muerte explica la vida 
A morte explica a vida 
Autopsie numérique  
Digital Autopsy 
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Cidades inteligentes dependem de ação conjunta entre setores da sociedade 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 02/07/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Aerossóis Anatomia Patológica e Patologia Clínica Anéis de crescimento Antracose Apoptose Aquisição de equipamentos Asma Autópsia minimamente invasiva Autópsia verbal Autopsia Aves Barretos (SP) Biodiesel Biologia Geral Biologia molecular Botânica Brânquias Broncopatias Broncoscopia Cana-de-açúcar Cardiologia Causas de morte Cedrela Células epiteliais Ciências Biológicas Ciências Exatas e da Terra Ciências da Saúde Citometria de fluxo Clima Combustíveis alternativos Coração Corpo carotídeo Corpos estranhos Crescimento vegetal Crianças Dendrocronologia Depuração mucociliar Desenvolvimento embrionário e fetal Desenvolvimento infantil Doença de Alzheimer Doenças cardiovasculares Doenças respiratórias Ecologia Aplicada Ecologia Economia da saúde Eletrocardiografia Embriogênese Emissão de gases Emissões de veículos Enfisema Epidemiologia Escolas Exposição ambiental Exposição materna Exposição ocupacional Expressão de proteínas Fenômenos fisiológicos circulatórios e respiratórios Fertilidade Fisiologia de Órgãos e Sistemas Fisiologia Fisiopatologia Frequência cardíaca Fuligem Fungicidas Gases do efeito estufa Geociências Hábito de fumar Histologia Histopatologia animal Histopatologia Homicídio Humanos Impactos na saúde Implantação do embrião Inflamação Infraestrutura de pesquisa Infraestrutura Intercâmbio de pesquisadores Interdisciplinar Intoxicação Laboratórios Material particulado Medicina Meio ambiente Meteorologia Modelos animais de doenças Monitoramento biológico Morfogênese Morfologia Vegetal Morfometria Mortalidade Muco Mucosa olfatória Mucosa respiratória Mudança climática Mutagênese Mutagênicos Neoplasias pulmonares Neoplasias Neutrófilos Óleo diesel Organização Mundial da Saúde (OMS) Oxidantes Óxido nítrico Oxigenação hiperbárica Ozônio Patologia clínica Patologia Placenta Planejamento de assistência ao paciente Poeira Políticas públicas Poluentes do ar Poluição ambiental Poluição atmosférica Poluição da água Poluição do ar Poluição Problemas sociais Projetos de infraestrutura Pulmão Qualidade de vida Qualidade do ar interno Qualidade do ar Radiação ionizante Radioterapia Raios cósmicos Rana catesbeiana Reatividade cardiovascular Recursos para a pesquisa Reprodução Respiração artificial São Paulo (SP) São Paulo Saúde Coletiva Saúde Pública Saúde ambiental Saúde pública Saúde reprodutiva Sensores Sistema cardiovascular Sistema nervoso autônomo Sistema nervoso central Sulfato de cobre Tabaco Tabagismo Teratogênese Tomografia computadorizada Tosse Toxicologia ambiental Toxicologia Tradescantia pallida Tradescantia Transferência de embriões Transporte de passageiros Umidificação Unidades de terapia intensiva Violência (criminologia)
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Autópsia minimamente invasiva


Publicado em 25 de maio de 2016 - Revista Pesquisa FAPESP - Sob coordenação do patologista Paulo Saldiva, pesquisadores testam em um equipamento de ressonância magnética de alta potência formas de fazer autópsia sem precisar abrir o corpo. A técnica oferece uma alternativa mais humana, barata e rápida ao método convencional. Saldiva explica como o trabalho está sendo desenvolvido.

Perfil: Paulo Saldiva


Publicado em 13 de maio de 2016 - Pesquisa FAPESP. O patologista Paulo Saldiva estuda, há 30 anos, os efeitos da poluição urbana sobre a saúde da população. Neste perfil, ele comenta como o funcionamento da cidade de São Paulo influencia a qualidade de vida de seus moradores.

Os efeitos da greve dos caminhoneiros na poluição de São Paulo


Publicado em 29 de maio de 2018 - Agência FAPESP. De acordo com o patologista Paulo Saldiva, greve permitiu experimento natural raro que possibilitará medir o custo real da poluição na capital paulista, que inclui internações, mortes e incapacitação. Saldiva participou do evento “Diálogos Interdisciplinares sobre Governança Ambiental da Macrometrópole Paulista”, realizado no auditório da FAPESP.

Autópsias em mortos por COVID-19 podem contribuir para o tratamento de casos graves


Estreia em 6 de maio de 2020 - Agência FAPESP. Em entrevistas concedidas à Agência FAPESP, os pesquisadores Marisa Dolhnikoff e Paulo Saldiva, da Faculdade de Medicina da USP (FM-USP), explicam como autópsias estão revelando a agressividade da COVID-19 e contribuindo para o tratamento de casos graves da doença. Amostras de tecidos pulmonares e de outros órgãos são coletadas por meio de técnicas minimamente invasivas e com o consentimento das famílias. O objetivo do trabalho, parte de um projeto apoiado pela FAPESP, é disponibilizar informações à comunidade médica que possam ser úteis no combate à pandemia causada pelo novo coronavírus.

Patente(s) depositada(s)

SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE ALTERAÇÕES POSITIVAS OU NEGATIVAS DE PRESSÃO COM CÂMARAS HIPERBÁRICAS E HIPOBÁRICAS SIMULTÂNEAS PARA HUMANOS OU ANIMAIS DE DIVERSOS TAMANHOS E RESPECTIVO PROCESSO DE OPERAÇÃO PI1000444-0 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Instituto de Pesquisas Tecnológicas S/A (IPT); Universidade de São Paulo (USP). Paulo Hilário Nascimento Saldiva; Magno Santos Leite; Augusto Reis Mazzeo; Alfredo Demestres Vidal - 24 de fevereiro de 2010

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: