Busca avançada
Ano de início
Entree

Paulo Arruda

CV Lattes ResearcherID ORCID


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Formado em Biologia pela Universidade Católica de Campinas, ingressou como professor na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) em 1976, no Departamento de Genética e Evolução, Instituto de Biologia. Na UNICAMP, iniciou trabalhos de pesquisa em genética fisiológica de plantas e fez mestrado e doutorado em genética. Entre 1982e 1983, realizou pós-doutorado no Biochemistry Department, Rothamsted Experimental Station, Inglaterra. De volta ao Brasil em março de 1983, iniciou um grupo de pesquisa em biologia molecular de plantas, área até então incipiente no Brasil. A partir de 1987, coordenou a implantação do Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética (CBMEG) da UNICAMP para o desenvolvimento de grupos de pesquisa em biologia molecular principalmente na área vegetal. A partir de então realizou uma série de projetos em colaboração com universidades e instituições de pesquisa, envolvendo vários países da América Latina e da Europa. O seu principal tema de pesquisa é a regulação da expressão gênica. Possui 99 trabalhos em revistas científicas internacionais de alto impacto. Colaborou na organização do Programa Genoma FAPESP, estruturando o projeto de seqüenciamento do genoma da bactéria Xyllela fastidiosa. Nesse projeto coordenou um dos laboratórios centrais responsáveis pelo treinamento dos grupos da rede ONSA. Posteriormente, coordenou o Projeto Genoma da Cana de Açúcar (SUCEST), formado por uma rede de 60 grupos de pesquisa de diversas Universidades e Institutos de Pesquisa brasileiros. O laboratório de biologia molecular de plantas do CBMEG, sob sua liderança, já treinou mais de uma centena de estudantes de iniciação científica, mestres, doutores e pós-doutores, muitos dos quais ocupam posições de destaque em instituições de ensino e pesquisa nacionais e internacionais. Alem das atividades de pesquisa e ensino em nível de graduação e pós-graduação, coordena também um grupo de Educação em Ciências com apoio da Fundação VITAE, FAPESP, CAPES e FINEP. Esse trabalho já treinou centenas de estudantes e professores do ensino médio. Por suas atividades acadêmicas foi agraciado com diversos prêmios e honrarias dentre as quais se destacam: Prêmio Mérito Científico e Tecnológico outorgado pelo Governo do Estado de São Paulo, Prêmio ?Zeferino Vaz? de Reconhecimento Acadêmico concedido pela Universidade Estadual de Campinas, Prêmio Medalha REDBIO 2001 concedido pela Rede Latino-Americana de Biotecnologia/FAO. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências e Membro da Ordem Nacional do Mérito Científico na classe de Comendador. Na área de editoria científica, é revisor de revistas científicas internacionais, membro do corpo editorial da revista Tropical Plant Biology publicada pela Springer, New York e editor associado da revista The Plant Genome, uma publicação da Crop Science Society of America. Como atividades de política científica, atuou como membro e coordenador do GT do PADCT, membro e coordenador do Comitê Assessor de Genética do CNPq, membro da coordenação do programa Genoma da FAPESP, membro do Comitê Assessor do Fundo Setorial de Biotecnologia do MCT e membro de comitês assessores de vários organismos internacionais como FAO, PNUD e UNU. No âmbito do desenvolvimento tecnológico, foi sócio fundador da empresa Alellyx Applied Genomics, a primeira empresa brasileira de genômica vegetal aplicada. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
Más bits al servicio del ADN 
Mais bits a serviço do DNA 
O mapa da cana 
El mapa de la caña de azúcar 
Afirmação tropical 
Afirmación tropical 
O mapa da cana 
Afirmação tropical 
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o(a) pesquisador(a):
From Gene to Trait 
Método pode agilizar a descoberta de novos antibióticos 
CQMED entrega insumos para 400 mil testes de saliva para COVID-19 
Biotecnologia pode tornar agricultura resiliente às mudanças no clima 
Workshop da Embrapii 
Como a biotecnologia pode acabar com a fome no mundo 
Debate sobre o ecossistema brasileiro de inovação 
Inovação no Brasil: O Difícil Caminho à Frente 
Primeira Unidade Embrapii especializada em fármacos é inaugurada na Unicamp 
Encontro Academia-Empresa: Fármacos  
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Bolsas no Exterior
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 03/12/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Acesso livre Adaptação ambiental Adaptação às mudanças climáticas Agricultura Agrobacterium tumefaciens Aminoácidos Análise de dados Análise de sequência de DNA Análise de sequência de RNA Análise funcional Angiogênese Animais Aquisição de equipamentos Arabidopsis thaliana Avicultura Bases de dados Biblioteca gênica Biodisponibilidade Bioenergética Biogênese Biologia Geral Biologia Molecular Biologia celular Biologia computacional Biologia de sistemas Biologia e Fisiologia dos Microorganismos Biologia molecular vegetal Biologia molecular Bioquímica Biossíntese Biotecnologia de plantas Biotecnologia vegetal Biotecnologia Brasil CD-ROM Cálcio Campos rupestres Cana-de-açúcar Caracterização Ciência Ciências Biológicas Ciências Humanas Clonagem Clorose variegada dos citros Coccidiose Coccidioses animal Coix Colaboração científica Crescimento vegetal Cultivos agrícolas Currículos e programas DNA complementar Degradação Democratização do conhecimento Desenvolvimento de fármacos Dessecação Drogas em investigação Educação Eimeria Elementos estruturais de proteínas Endosperma Equipamentos e provisões Equipamentos multiusuários Escherichia coli Espécies de oxigênio reativas Estresse abiótico Estresse ambiental Estresse fisiológico Estresse hídrico Etiquetas de sequências expressas Evolução vegetal Evolução Expressão gênica diferencial Expressão gênica Família multigênica Fármacos Fatores de transcrição Filogenia Folhas de planta Fotossíntese Genética Humana e Médica Genética Molecular e de Microorganismos Genética Vegetal Genética molecular Genética vegetal Genética Genoma Cana-de-Açúcar - SucEST Genoma Xylella fastidiosa Genomas Genômica funcional Genômica Glicoproteínas Hipóxia Hormônio do crescimento humano Informática Infraestrutura de pesquisa Infraestrutura Inibidores químicos Insulina Interação planta-patógeno Interações microbianas Interatividade Interdisciplinar Leucemia-linfoma linfoblástico de células precursoras Leveduras Lisina Manejo ambiental Mapas Mapeamento genético Marcador molecular Medicina Melhoramento genético vegetal Metabolismo e Bioenergética Metabolismo energético Metabolismo Metagenoma Métodos de ensino Micro-organismos Microbiologia Microbiota Microcomputadores Milho Mineração de dados Mitocôndrias Modernização Morfogênese vegetal Mudança climática Multimídia Mutagênese sítio-dirigida Neoplasias Normalização Organismos geneticamente modificados Patentes Peptídeos Plantas geneticamente modificadas Plantas Plataforma (computação) Polimorfismo de um único nucleotídeo Prática de ensino Práticas pedagógicas Processamento de RNA Produção agrícola Projetos de infraestrutura Prolaminas Proteína desacopladora 1 Proteínas de fusão bcr-abl Proteínas quinases Proteínas Proteômica Química farmacêutica Química médica Química Quinases RNA mensageiro Radiação síncrotron Recursos para a pesquisa Rede elétrica Redes locais de computadores Regulação da expressão gênica Sacaropina desidrogenases Secas Sementes Sequenciamento de nova geração Sequenciamento Serra da Canastra (MG) Síntese Sistema nervoso central Sorghum Sorgo Superexpressão gênica Técnicas de genotipagem Tolerância a seca Transcrição genética Transcriptoma Transcriptômica Transformação genética Variação somaclonal Velloziaceae Xylella fastidiosa Zea mays Zona semiárida
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

SP Pesquisa - Aquecimento e agricultura - 2º Bloco


Publicado em 13 de junho de 2015 - SP Pesquisa - Aquecimento e agricultura - 2º Bloco. O programa mostra o que vai mudar na produção agrícola do Brasil com o aquecimento do planeta. Os cientistas que calcularam como o aumento da temperatura e as mudanças no regime de chuvas vão deslocar as culturas que sustentam o agronegócio no Brasil. A equipe foi até Jaguariúna, no interior paulista, registrar um experimento inédito no mundo. Lá, cientistas acompanham uma plantação de café, cultivada nas condições atmosféricas previstas para o fim deste século. Ali perto em Campinas, os cientistas que desenvolvem plantas que vão resistir à seca, um fenômeno que deve ser mais frequente no Brasil das próximas décadas. O São Paulo Pesquisa vai mostrar quais as respostas que a ciência brasileira busca para garantir a produção de alimentos num cenário de mudanças climáticas.

Ciclo ILP-FAPESP: biotecnologia na agricultura


Publicado em 24 de outubro de 2018 - Agência FAPESP. Controle biológico de pragas e genômica aplicada à agricultura foram alguns dos temas do Ciclo ILP-FAPESP, realizado no dia 22 de outubro de 2018.

Centro de pesquisa sediado na Unicamp quer ampliar parcerias com farmacêuticas


Publicado em 11 de março de 2019 - Agência FAPESP. Nos últimos anos, a Aché e a Eurofarma têm firmado parcerias em pesquisa com o Centro de Química Medicinal (CQMED - SGC Unicamp. O objetivo dos estudos é desenvolver moléculas potentes e seletivas para proteínas-alvo específicas, relacionadas a doenças, que possam resultar em novos medicamentos. As pesquisas feitas pelas empresas em parceria com o centro, criado com apoio da FAPESP, em cooperação com o Structural Genomics Consortium (SGC) – um consórcio internacional de universidades, governos e indústrias farmacêuticas para acelerar o desenvolvimento de novos medicamentos –, são baseadas no chamado modelo de inovação aberta.

Patente(s) depositada(s)

ANTIMICROBIAL PEPTIDES AND METHODS FOR IDENTIFYING AND USING SUCH PEPTIDES EP20020012237 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Adilson Leite; Urara Kawazoe; Paulo Arruda; Arnaldo da Silva Junior - 01 de junho de 2001

ANTIMICROBIAL PEPTIDES AND METHODS FOR IDENTIFYING AND USING SUCH PEPTIDES US09/870,498 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Adilson Leite; Urara Kawazoe; Paulo Arruda; Arnaldo da Silva Junior - 01 de junho de 2001

MÉTODO PARA IDENTIFICAÇÃO DE UM PEPTÍDEO ARTIMICROBIANO, PEPTÍDEO ANTIMICROBIANO ISOLADO, ANÁLOGOS DOS PEPTÍDEOS, SEUS USOS, MOLÉCULA DE ÁCIDO NUCLEICO ISOLADA, VETOR DE EXPRESSÃO, CÉLULA HOSPEDEIRA, MÉTODO PARA PREVENIR O CRESCIMENTO, INIBIR O CRESCIMENTO OU REDUZIR A VIABILIDADE DE UM MICROORGANISMO E MÉTODO DE TRATAMENTO DE UM ORGANISMO INFECTADO COM UM MICROORGANISMO PATOGÊNICO PI0202064-5 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Adilson Leite; Urara Kawazoe; Paulo Arruda; Arnaldo da Silva Junior - 29 de maio de 2002

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: