Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de uma nova Chalcona sobre a reabsorção óssea inflamatória em um modelo experimental de doença periodontal.

Resumo

As chalconas são um grupo de compostos fenólicos derivados de plantas, com diversas propriedades biológicas como anti-inflamatória, antioxidante, antimicrobiana e anti-reabsortiva. Em função dos seus efeitos farmacológicos, diferentes derivados chalcônicos naturais e sintéticos têm sido investigados como agentes terapêuticos. Estudos clínicos e pré-clínicos têm demonstrado sua efetividade no tratamento de doenças inflamatórias como câncer, artrite e desordens inflamatórias intestinais, e em patologias ósseas como osteoporose e tumores ósseos; no entanto, seu potencial no tratamento das doenças periodontais ainda não tem sido investigado. As chalconas podem modular a inflamação e o turnover ósseo através de diferentes mecanismos, incluindo inibição da produção de citocinas, regulação de vias de sinalização intracelular, e modulação da atividade de fatores de transcrição, todos eles fatores chaves na patogênese da periodontite. Considerando as propriedades biológicas destes compostos, nosso grupo de pesquisa tem avaliado in vitro a habilidade de um novo derivado chalcônico (Chalcona T4), testado pela primeira vez, de suprimir a expressão de mediadores relevantes na inflamação e osteoclastogênese. A Chalcona T4 mostrou-se capaz de reduzir em mais de 90% a expressão gênica de marcadores de reabsorção óssea inflamatória em macrófagos, além de reduzir a diferenciação das células precursoras em osteoclastos, demonstrando resultados superiores àqueles apresentados por outras chalconas descritas na literatura. Além dos potentes efeitos anti-inflamatórios e anti-reabsortivos demonstrados, a Chalcona T4 apresenta ainda vantagens como alta solubilidade em meio aquoso e baixa citotoxicidade, o que favorece suas características farmacodinâmicas e sua utilização em modelos in vivo. Tendo em vista as informações a cerca do potencial das chalconas sobre as doenças inflamatórias, e considerando os dados obtidos nos experimentos preliminares in vitro, este presente estudo tem como objetivo avaliar os efeitos deste novo composto sobre a reabsorção óssea inflamatória associada ao modelo de doença periodontal experimental, e investigar os mecanismos biológicos envolvidos. Embora os efeitos das chalconas tenham sido relatados em outros modelos de doenças inflamatórias, este é o primeiro estudo a avaliar a ação de uma chalcona sintética em um modelo de doença periodontal, bem como o primeiro estudo a avaliar a Chalcona T4. A hipótese deste trabalho é que o composto é capaz de reduzir a reabsorção óssea e a inflamação em um modelo de doença periodontal experimental, e que este efeito envolve a modulação de mediadores biológicos críticos na osteoclastogênese, particularmente das vias de sinalização intracelular NF-8B, MAP Kinases e PI3K-Akt. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDES, NATALIE APARECIDA RODRIGUES; CAMILLI, ANGELO CONSTANTINO; MALDONADO, LAURA ANDREA GONZALEZ; PACHECO, CINDY GRACE PEREZ; SILVA, AMANDA FAVORETO; MOLON, RAFAEL SCAF; SPOLIDORIO, LUIZ CARLOS; RIBEIRO DE ASSIS, LETICIA; REGASINI, LUIS OCTAVIO; ROSSA JUNIOR, CARLOS; GUIMARAES-STABILI, MORGANA RODRIGUES. Chalcone T4, a novel chalconic compound, inhibits inflammatory bone resorption in vivo and suppresses osteoclastogenesis in vitro. JOURNAL OF PERIODONTAL RESEARCH, v. 56, n. 3 FEB 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.