Busca avançada
Ano de início
Entree

Realização de um ensaio comunitário na cidade de Paulínia com o objetivo de reduzir o consumo global de álcool e tabaco

Resumo

Pensando no estado e na sociedade organizada como moderadores do custo social do álcool, a OMS recomenda uma série de estratégias para controlar esse produto, entre elas: aumento do preço; restrição de propaganda na mídia; restrições às vendas em alguns locais e para alguns grupos sociais, como adolescentes; educação em saúde sobre os efeitos do álcool; e organização de serviços para atendimento. A própria OMS recomenda buscar estratégias de prevenção que alterem significativamente os fatores que produzem os problemas relacionados ao álcool numa determinada sociedade. Vários estudos recentes utilizando a metodologia de ensaios comunitários mostram que essas estratégias funcionam, trazendo um benefício social relevante mesmo em períodos de tempo de 2 anos. Com base nesses estudos, sugerimos a adoção em Paulínia de um sistema de licenças para a venda de álcool como forma de exercer controle social sobre esse produto e os problemas relacionados. Como estratégias para o estudo, o primeiro passo é convencer a população que implementar esse tipo de sistema de licenças: 1) é correto tecnicamente, pois é uma recomendação da própria OMS; 2) terá um impacto grande e rápido; 3) criará recursos para financiar os programas de prevenção. O segundo passo é convencer os políticos de que essa ação é: 1) politicamente adequada, pois é do interesse público; 2) tem o apoio popular; 3) possível de ser implementada nos municípios. Esse sistema de licenças fornecerá a base para a implantação de outras políticas que também visam a reduzir o consumo global de álcool e os problemas relacionados na comunidade estudada: políticas de restrição do acesso ao álcool; inibição do dirigir alcoolizado; estímulo do servir bebidas com responsabilidade; redução do consumo de álcool abaixo da idade mínima. Metodologia: antes da intervenção será feita uma avaliação de vários parâmetros, como consumo do álcool e fumo em vários grupos populacionais, com especial interesse nos adolescentes. Após essa avaliação terá início a intervenção propriamente dita, com todas as mudanças estruturais planejadas. A seguir, faremos uma segunda avaliação para detectar as eventuais alterações de consumo e de problemas relacionados ao álcool. Utilizaremos uma cidade com características similares para comparação. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Estudo avalia comportamento de motoristas em rodovias do Brasil 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMPOS, VALDIR RIBEIRO; DE SOUZA E SILVA, REBECA; DUAILIBI, SERGIO; LARANJEIRA, RONALDO; PALACIOS, ESTER NAKAMURA; GRUBE, JOEL W.; PINSKY, ILANA. Drinking and driving in southeastern Brazil: Results from a roadside survey study. ADDICTIVE BEHAVIORS, v. 38, n. 1, p. 1442-1447, JAN 2013. Citações Web of Science: 5.
DENISE LEITE VIEIRA; MARCELO RIBEIRO; MARCOS ROMANO; RONALDO R LARANJEIRA. Álcool e adolescentes: estudo para implementar políticas municipais. Revista de Saúde Pública, v. 41, n. 3, p. 396-403, Jun. 2007.
DENISE LEITE VIEIRA; MARCELO RIBEIRO; RONALDO LARANJEIRA. Evidence of association between early alcohol use and risk of later problems. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 29, n. 3, p. -, Set. 2007.
MARCOS ROMANO; SÉRGIO DUAILIBI; ILANA PINSKY; RONALDO LARANJEIRA. Pesquisa de compra de bebidas alcoólicas por adolescentes em duas cidades do Estado de São Paulo. Revista de Saúde Pública, v. 41, n. 4, p. 495-501, Ago. 2007.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.