Busca avançada
Ano de início
Entree

A função de genes que codificam fosfatases na virulência e na patogenicidade de Aspergillus fumigatus

Resumo

A. fumigatus é um fungo patógeno primário e oportunista, alergênico, que também causa asma severa e sinusites em pacientes imunocompetentes. Devido ao fato de que A. fumigatus produz quantidades prodigiosas de conídios, o trato respiratório humano está continuamente exposto ao fungo. Os conídios alcançam as vias aéreas por inalação e chegam ao pulmão devido ao seu pequeno tamanho; nos alvéolos tornam-se ativos e germinam. O sensoriamento e a obtenção de nutrientes essenciais do ambiente são características fenotípicas que estão associados ao crescimento do saprófita A. fumigatus em ambientes inóspitos. Apesar da importância médica e ecológica, a biologia básica deste organismo é mal compreendida. Dentre os aspectos da fisiologia celular de A. fumigatus, o funcionamento do ajuste fino do balanço entre fosforilação e defosforilação de alvos proteicos ainda é pouco conhecido. Uma vez que as modificações pós-traducionais envolvendo transferência e remoção de grupamentos fosforil de proteínas é um dos mais importantes eventos que tem consequência na sinalização celular em células eucarióticas, os principais objetivos deste projeto são: (i) a caracterização molecular de genes modulados ao nível transcripcional por CrzA, um fator de transcrição chave na via de sinalização de cálcio/calcineurina o qual está posicionado "downstrean" à fosfatase calcineurina. Os genes em questão foram previamente identificados por "Chromatin Immunoprecipitation" seguida por sequenciamento de DNA (Chip-Seq); (ii) a caracterização molecular de todos os genes que codificam proteínas fosfatases em A. fumigatus e o seu envolvimento em virulência e patogenicidade; e (iii) a identificação global de alvos regulados ao nível transcripcional e proteico por fosfatases de A. fumigatus. Para o cumprimento desses objetivos propostos esses genes serão deletados e os fenótipos das linhagens mutantes bem como a sua virulência e patogenicidade investigadas, tanto no modelo alternativo Galleria mellonella, assim como no modelo de imunossupressão em camundongos. As abordagens propostas neste trabalho poderão ser capazes de descrever novos genes reguladores (e não somente os efetores) nesses processos. Além disso, os resultados obtidos a partir do estudo desses genes irão proporcionar novos conceitos a respeito da biologia e dos mecanismos de sinalização e adaptação ao ambiente do hospedeiro em A. fumigatus. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MANFIOLLI, ADRIANA OLIVEIRA; DE CASTRO, PATRICIA ALVES; DOS REIS, THAILA FERNANDA; DOLAN, STEPHEN; DOYLE, SEAN; JONES, GARY; RIANO PACHON, DIEGO M.; ULAS, MEVLUET; NOBLE, LUKE M.; MATTERN, DEREK J.; BRAKHAGE, AXEL A.; VALIANTE, VITO; SILVA-ROCHA, RAFAEL; BAYRAM, OZGUR; GOLDMAN, GUSTAVO H. Aspergillusfumigatus protein phosphatase PpzA is involved in iron assimilation, secondary metabolite production, and virulence. Cellular Microbiology, v. 19, n. 12 DEC 2017. Citações Web of Science: 12.
ANNICK RIES, LAURE NICOLAS; ROCHA, MARINA CAMPOS; DE CASTRO, PATRICIA ALVES; SILVA-ROCHA, RAFAEL; SILVA, ROBERTO NASCIMENTO; FREITAS, FERNANDA ZANOLLI; DE ASSIS, LEANDRO JOSE; BERTOLINI, MARIA CELIA; MALAVAZI, IRAN; GOLDMAN, GUSTAVO H. The Aspergillus fumigatus CrzA Transcription Factor Activates Chitin Synthase Gene Expression during the Caspofungin Paradoxical Effect. MBIO, v. 8, n. 3 MAY-JUN 2017. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.