Busca avançada
Ano de início
Entree

Using commercial enzymes to produce cellulose nanofibers from soybean straw

Processo: 16/16222-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Milena Martelli Tosi
Beneficiário:Milena Martelli Tosi
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Nanofibras  Celulase 

Resumo

Este trabalho objetivou a produção de nanofibrilas de celulose(CN)e açucares redutores a partir de palha de soja pré-tratada quimicamente (SS)(caule, folhas e vagens) por tratamento alcalino (NaOH 5 ou 17,5% v/v a 90 oC durante 1h, ou a 30 oC por 15h) e branqueamento (NaClO2 3,3 % ou H2O2 4%). Dependendo do pré-tratamento que a palha de soja foi submetida, o rendimento variou de CN variou 6,3-7,5 g de CN/100 g de SS, independentemente da concentração da solução alcalina (5 ou 17,5%). As nanofibras apresentaram diâmetros de aproximadamente 15 nm, medida ao longo de 300 nm em comprimento, e teve alta estabilidade (potencial zeta variou de -20,8 a -24,5). Dado os padrões de XRD, o índice de cristalinidade (CrI) de CN variou de 45 a 68%, dependendo do pré-tratamento químico do material de partida. CN obtidas a partir de SS tratadas com NaOH a 17,5% e H2O2 (CrI = 45%) apresentaram uma estabilidade térmica melhor, provavelmente, porque um complexo de lignina-celulose foi produzido. A fração solúvel obtida no primeiro passo da produção de CN contém uma grande quantidade de açúcares redutores (11,2-30,4 g/100 g de SS). SS parece ser uma nova fonte industrial promissora para produzir CN por tratamento mecânico-enzimático, que conduz a grandes quantidades de açúcares redutores para utilização na produção de bioenergia. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTELLI-TOSI, MILENA; TORRICILLAS, MARCELA DA SILVA; MARTINS, MARIA ALICE; GARRIDO DE ASSIS, ODILIO BENEDITO; TAPIA-BLACIDO, DELIA RITA. Using Commercial Enzymes to Produce Cellulose Nanofibers from Soybean Straw. Journal of Nanomaterials, 2016. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.