Busca avançada
Ano de início
Entree

Expression of genes and proteins related to meat quality in Bos indicus cattle

Processo: 17/50024-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2017 - 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Convênio/Acordo: University of Queensland
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Lucia Galvão de Albuquerque
Beneficiário:Lucia Galvão de Albuquerque
Pesq. responsável no exterior: Bem Hayes
Instituição no exterior: University of Queensland, Brisbane (UQ), Austrália
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/23937-6 - Expressão de genes e proteínas relacionados à qualidade da carne em bovinos Nelore, AP.R
Assunto(s):Bovinos de corte  Bos taurus indicus  Gado Nelore  Qualidade da carne  Expressão gênica  Cooperação internacional 

Resumo

O Brasil tem uma população de mais de 150 milhões (cerca de 72%) de bovinos da raça Nelore (Bos indicus) inferior quando comparados às raças taurinas. No mercado internacional da carne, existe uma tendência para a valorização de produtos cárneos diferenciados, em termos de propriedades organolépticas da carne e preocupação com as consequências de seu consumo sobre a saúde humana. Apesar disso, as características de qualidade da carne não têm sido consideradas nos programas de avaliação genética em virtude do alto custo e dificuldade de mensuração. Como alternativa, o conhecimento dos mecanismos de ação gênica envolvidos nesses processos, pode ajudar na identificação de animais com valor genético elevado para características relacionadas à qualidade da carne e a seleção pode ser conduzida em animais jovens, viabilizando a inclusão de características de qualidade da carne em programas de melhoramento animal. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é estudar genes e proteínas relacionadas à qualidade da carne por meio das técnicas de PCR quantitativa em tempo real e espectrometria de massas respectivamente. O conhecimento adquirido por meio desses estudos, pode gerar ferramentas importante para o desenvolvimento de estratégias que visam o melhoramento das características organolépticas da carne. (AU)