Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação do desempenho de ratos em uma tarefa de esquiva inibitória com o padrão polissonográfico

Processo: 06/53796-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2006
Vigência (Término): 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Maria Gabriela Menezes de Oliveira
Beneficiário:Karin Di Monteiro Moreira
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/14303-3 - Center for Sleep Studies, AP.CEPID
Assunto(s):Aprendizagem   Memória emocional

Resumo

Os primeiros estudos relacionaram principalmente o sono REM com a consolidação de memórias. Mais recentemente o sono NREM também tem sido relacionado com o processamento mnemônico. Estudos que mostram que o sono interfere com processamento de memória levaram ao surgimento de várias teorias. Segundo a Hipótese Seqüencial (HS) a sucessão ordenada de NREM e REM seria mais relevante para a aquisição e o fortalecimento das informações adquiridas do que cada rase isoladamente. No nosso laboratório foi observado que a privação de sono (PS) antes do treino causa prejuízo em algumas tarefas de memória emocional. Esse prejuízo sempre foi atribuído exclusivamente à perda de sono em si, mas pouca atenção se deu ao padrão de sono após o período de privação. Nesse período há um maciço rebote de REM em detrimento do sono NREM, justamente no período de consolidação dessa memória. Se o sono REM fosse suficiente para a consolidação, não deveríamos observar prejuízo na sessão de testa Logo, segundo a Hipótese Seqüencial, esse prejuízo se daria pela PS no momento da aquisição e na consolidação pela grande quantidade de REM em detrimento do ciclo completo. O objetivo deste trabalho será estabelecer correlações entre os elementos seqüenciais do sono e o desempenho dos animais na tarefa de esquiva inibitória por Múltiplas Tentativas e a inibição de rebote de REM após um período de privação de sono na tentativa de impedir o prejuízo de memória observado anteriormente. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.